Ir para o conteúdo

sábado, 06 de maio de 2017

Artigos

A Força da Humildade

No Evangelho Jesus afirma que “todo aquele que se exalta será humilhado; e aquele que se humilha será exaltado”. Isto significa que, possuir a virtude da humildade não é o mesmo que ser tímido ou até mesmo medíocre. Ao Contrário a virtude da humildade leva-nos a ter plena consciência dos talentos que Deus nos deu, e colocá-los a serviço dos outros. O humilde tem consciência clara de seus talentos e virtudes, e que provêm e pertencem a Deus, porque da sua gratuidade, todos recebemos. Humildade é reconhecer que somos pequenos, e ao mesmo tempo reconhecermo-nos portadores de dons divinos de valor inestimável. Só os humildes são capazes de procurar a sua felicidade e a sua fortaleza no Senhor.
A humildade atrai sobre o homem o amor de Deus e especial estima dos outros, ao passo que a soberba os afasta. O homem humilde compreende a vontade divina e sabe discernir o que Deus lhe pede em cada situação. O homem humilde respeita os outros, as suas opiniões e os seus espaços. A humildade suprime os sentimentos de inferioridade, que resultam de um ego ferido, e torna-nos servidores alegres e disponíveis, sedentos do amor de Deus. Sigamos os que o que nos aconselha o Livro de Eclesiástico: “Nos teus assuntos, procede com humildade, e haverão de amar-te mais que ao homem generoso”. E ainda: “Torna-te pequeno nas grandezas humanas, e alcançarás o favor de Deus, e Ele revela os seus segredos aos humildes”.
 
Seminarista Diego Mendes
 

Compartilhe: