Ir para o conteúdo

sábado, 16 de dezembro de 2017

Artigos

A fé na oração

A oração hesitante, duvidosa, sem fé, a que muitos cristãos estão acostumados, não tem eficácia e não alcança o seu objetivo.

Não que toda a fé mereça uma resposta, ou conquiste a resposta, ou, ainda, opere a resposta, mas é que Deus mesmo exigiu que acreditássemos, para podermos receber, assim como pudéssemos louvar, agradecer ou interceder.

Assim aconteceu com o cego Bartimeu, com os leprosos, com o filho da viúva. Jesus perguntou o que eles queriam. Com fé, fizeram os seus pedidos e o Senhor prontamente os atendeu.

Assim tem acontecido ainda hoje e Deus tem feito muitos se converterem, tornando-se mais dóceis, compreensivos, amorosos.

A oração com fé, é sustentada pelo próprio Deus.

Se não se tem fé, é melhor não se dirigir o Pai; é melhor que não rezemos, ou então, devemos pedir ao Senhor que nos dê a fé, pois um pedido dessa natureza, se feito com humildade, deverá ter a complacência do Pai, que é todo Misericórdia e Bondade para com seus filhos.

Creia, seja humilde e puro de coração, reze e será atendido.

E quantos de nós temos presenciado verdadeiros milagres em nossas próprias vidas, que aos poucos vão nos levando ao ideal de Deus para nós, que muitas vezes coincide com nossos ideais para nossas próprias vidas.

Compartilhe: