Ir para o conteúdo

terça-feira, 04 de fevereiro de 2014

Artigos

A fé e a salvação

Abraão pode ser considerado o início humano da História da Salvação. Ele foi o primeiro que compreendeu que Deus salva aqueles eu confiam n’Ele. E Abraão demonstra essa compreensão.
Os homens que vieram depois dele, nós, se fizermos o mesmo, testemunharemos também, que a História da Salvação começa sempre de novo em cada um de nós, quando nos deixamos guiar pela fé em Deus.
Se compararmos a situação atual, com a situação vivida por Abraão, podemos entender que a nossa situação seja de privilégio: Abraão acreditou em Deus, sem ter conhecido Jesus Cristo, acreditamos em Deus conhecendo-O através de Jesus Cristo, que é ao mesmo tempo homem e Deus.
Abraão foi salvo pela fé em Deus; nós o somos também, com a diferença de que a nossa fé em Deus, é a fé em Cristo ressuscitado.
Percebemos que ser cristão não é simples, mas nos dá a garantia de uma salvação, que é para sempre, é eterna. Ser cristão não é simples, porque envolve a aceitação de uma série enorme de verdades, que devem ser conhecidas e vividas. É realmente cristão, então, aquele que conhece a vida e a doutrina do Senhor Jesus, que nos trouxe a salvação através da Sua morte e ressurreição, mas que além de conhecer, vive todas estas verdades. A morte e ressurreição de Jesus, é o exemplo do que será a morte e ressurreição de cada pessoa.
Se ter fé é acreditar na ressurreição, como algo que aperfeiçoa completamente o homem, por outro lado ter fé, é olhar com realismo a limitação da vida nesta terra. Acreditar em Jesus e na Sua doutrina, é procurar por todos os meios viver esta Verdade; é, também, reconhecer a nossa pequenez e imperfeição; é permanecer sempre em disponibilidade para o mundo, para a vida terrena, para os homens, para a vida eterna. É ter a mesma disponibilidade de Abraão.
Talvez inconcebível para os que não são cristãos e até para muitos cristãos, é absoluta a segurança dos que têm fé. Os que têm fé no Senhor Jesus, são seguros de que as graças de Deus Pai os acompanham sempre, então, à cada queda, eles têm certeza de que terão forças para se reerguer. Em cada dificuldade encontrada, por si mesmo ou por todos os seus, as suas preces serão bem recebidas pelo Pai e as soluções acontecerão.
À cada louvor e agradecimento, os homens e mulheres de fé, sentem que o Criador fica contente e, como Bom Pai, mais nos acariciará com Suas graças, que culminarão com Sua Justiça e Nossa Salvação.

Compartilhe: