terça-feira, 20 de outubro de 2020

Artigos

A Eucaristia é fonte de cura

Para beber dessa fonte é preciso passar pelo sacramento da penitência. Se não buscamos esse sacramento há muito tempo, é preciso deixar Jesus trabalhar o nosso coração e redespertar em nós o arrependimento. Jesus inicia a cura do coração com o Sacramento da Penitência e a conclui pela Eucaristia.
Jesus nos deixou esta grande promessa: “Aquele que come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele” (Jo 6,56). Em cada missa, em cada comunhão, Jesus faz uma “transfusão de sangue” em nós. É o Seu próprio corpo e o Seu próprio sangue que invadem o nosso organismo, atingindo todo o nosso corpo e chega até as nossas enfermidades.
Inúmeras curas físicas e espirituais acontecem através da Eucaristia. Até mesmo a nossa fé pode ser restaurada. Esse é o presente de Jesus: o remédio que Ele tem para nos curar é o seu corpo e o seu sangue, que recebemos em cada comunhão.
Viva cada instante da Santa Missa com intensidade, especialmente o momento da consagração. Olhe para a hóstia consagrada como se você estivesse olhando para a pessoa de Jesus, porque realmente Ele está ali. Não o enxergamos porque nossos sentidos não conseguem captar um corpo ressuscitado, mas Ele está.
Viva a Eucaristia de modo diferente! Participe da Santa Missa vivendo cada momento em profunda oração. O sacrifício de Jesus é renovado em cada Missa celebrada, e depois Ele continua vivo, presente em todos os sacrários.

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: