Ir para o conteúdo

quarta-feira, 24 de abril de 2024

Notícias

Vítima tem mais de 15 mil retirados indevidamente de sua conta bancária

Na delegacia esteve um homem de 40 anos, técnico em segurança do trabalho, e ele relatou que recebeu uma ligação, onde uma pessoa se passou por funcionário do banco em que a vítima é cliente, e durante a conversa o falsário afirmou que a conta da vítima havia sido clonada e para resolver o problema ele deveria seguir algumas instruções, contudo, desconfiado, a vítima disse que iria comparecer pessoalmente no banco.

No dia seguinte a vítima foi até o banco e ao tentar acessar sua conta no terminal eletrônico, constatou que haviam sido realizadas transações que lhe eram desconhecidas, momento em que procurou pela gerencia e ao verificar o extrato, foi constatada uma transferência via PIX no valor de R$4.000,00 e um pagamento de boleto, no valor de R$11.566.43.

A vítima alegou que essa movimentação em sua conta é desconhecida por ele, sendo informado no banco que se tratava de um golpe, sendo orientado a registrar os fatos na delegacia.

Compartilhe: