Ir para o conteúdo

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Notícias

Vítima tem empréstimo e transferência indevidos em sua conta bancária

Na delegacia esteve a senhora M.S., 57 anos, noticiando que ela recebeu uma ligação onde uma pessoa se apresentou como “Renata” e que seria funcionária do banco em que a vítima é cliente.

Durante a conversa a mulher disse que havia sido realizado um empréstimo no valor de R$20.000,00 em nome da vítima e que em razão disso a vítima deveria verificar a sua conta no aplicativo.

Verificando o extrato da conta pelo aplicativo foi constatado pela vítima que havia sido realizado um empréstimo em seu nome no valor de R$2.913,63 e posteriormente foi feita uma transferência via PIX no valor de R$3.000,00, e após informar sobre o ocorrido a suposta funcionaria disse que iriam bloquear o valor do empréstimo, todavia, posteriormente quando a vítima foi novamente acessar seu aplicativo bancário, constatou que o mesmo foi bloqueado e ao se dirigir até a agência bancaria foi informada que lá não existe uma funcionária chamada “Renata” e que a mesma havia caído em um golpe.

Compartilhe: