Ir para o conteúdo

sábado, 02 de março de 2024

Notícias

Vitima descobre dívida de mais de 11 mil em imobiliária após ter imóvel alugado indevidamente em seu nome

O senhor J.G.S., 64 anos, foi até a delegacia e informou que ele havia sido vítima de uma fraude, onde seu nome e dados como CPF, RG e endereço foram utilizados por um golpista para alugar um imóvel, tendo a vítima tomado conhecimento disso depois que uma empresa, com sede na cidade de Curitiba, lhe telefonou cobrando diversas vezes sobre uma dívida no valor de R$720,00 e dizendo que esta dívida se tratava de
uma taxa de fiança referente a um contrato de negócios realizado com um imobiliária localizada na cidade de Campinas.

A vítima então, imediatamente, exigiu o cancelamento da dívida irregular, vindo, posteriormente, a tomar conhecimento de que foi feito um contrato de locação de imóvel junto a uma imobiliária em Campinas, pelo período de 30 meses, com início em 09/06/23 e término 09/12/25, na Rua Sidnei, bairro Parque São Quirino, com o valor mensal de R$1.800,00, estando a vítima como locatário.

Em contato junto a imobiliária, lhe foi informado que foram apresentados documentos (falsos) como RG e Certidão de Nascimento no ato do contrato, e que uma mulher foi quem procurou a imobiliária, sendo que o contrato de locação foi assinado digitalmente e que havia sido aberta uma conta no banco em seu nome, no entanto, através de contato com o banco a vítima descobriu a tal conta não existe e que havia sido falsificada.

Ao final a vítima apurou que a dívida em seu nome, no valor atualizado, totaliza R$11.520,00.

Compartilhe: