Ir para o conteúdo

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Notícias

Vendas de títulos públicos do Tesouro Direto atingem R$ 5,72 bilhões em abril

No cenário econômico nacional, as vendas de títulos públicos do Tesouro Direto a pessoas físicas alcançaram um total expressivo de R$ 5,72 bilhões em abril, conforme dados divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Tesouro Nacional. Essa movimentação financeira representa não apenas uma tendência de investimento sólido, mas também a confiança dos investidores no mercado de renda fixa.

Das operações realizadas, as aplicações de até R$ 1 mil predominaram, representando 54,2% do total, evidenciando a participação de investidores de diversos perfis. O valor médio por operação ficou em R$ 7.924,18, destacando a acessibilidade do Tesouro Direto como opção de investimento para diferentes faixas de renda.

Os títulos indexados à inflação foram os mais procurados pelos investidores, totalizando R$ 3 bilhões em vendas, o equivalente a 52,4% do total de títulos comercializados. Essa preferência indica uma busca por proteção contra a corrosão do poder de compra, em meio ao cenário econômico atual.

Os títulos corrigidos pela taxa Selic representaram 38,6% das vendas, totalizando R$ 2,2 bilhões, enquanto os títulos prefixados somaram R$ 517 milhões, correspondendo a 9% do total. Essa diversificação de opções evidencia a estratégia dos investidores em busca de rentabilidade e segurança.

Destacam-se no panorama dos novos títulos o Tesouro RendA+, destinado ao financiamento de aposentadorias, que registrou R$ 207,6 milhões em vendas, e o Tesouro Educa+, voltado para a formação de uma poupança para o ensino superior, com R$ 62,1 milhões em vendas.

Compartilhe: