Ir para o conteúdo

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Notícias

Transporte coletivo representa 22% das reclamações no Procon

Usuários do transporte coletivo, que se viram prejudicados com a interrupção dos serviços prestados pela Viação Sarri (Viasa), antiga concessionária na cidade, foram responsáveis por 22% (175) das 802 reclamações registradas no Procon até a última sexta-feira (27).
O órgão enviou ao Ministério Público (MP) mais de uma centena de reclamações de usuários da empresa alegando que tinham adquirido créditos antecipados e que não foram devolvidos após o encerramento do contrato pela prefeitura e que também não são aceitos pela atual concessionária.
O documento está sendo avaliado pelo promotor da área do consumidor, Walter de Souza Vicentini Vilela, que ainda não respondeu ao Procon quais providências irá tomar. A empresa alega que não tem recursos para ressarcir os usuários.

Compartilhe: