Ir para o conteúdo

quarta-feira, 24 de julho de 2024

Notícias

Setor de Hemodinâmica do Hospital São Jorge faz procedimento inédito em paciente de Guaíra

O Centro de Hemodinâmica do hospital São Jorge, realizou um procedimento inédito nesta semana, em um paciente de 66 anos, residente em Guaíra. Após avaliação da equipe médica, foi realizado o procedimento de aneurisma de aorta através de cateterismo, sem a necessidade de cirurgia. O procedimento inédito, realizado através de pequenos cortes na perna do paciente, garante um menor tempo de procedimento e uma melhor recuperação. Após cerca de 2 horas de cirurgia e permanecer em observação na UTI e no quarto, o paciente recebeu alta em 48h, na manhã da última sexta-feira. “Com o avanço no tratamento e com medidas cada vez menos invasivas, conseguimos garantir melhores resultados a todos os procedimentos incluindo procedimento vasculares, cardiológicos e neurológicos, estando a hemodinâmica do hospital São Jorge preparada a receber procedimentos complexos e com alta taxa de sucesso”, explicou dr Uebe Chade Rezek, responsável do centro de hemodinâmica do hospital São Jorge. De acordo com o médico, o procedimento foi realizado em conjunto com a equipe vascular, que contou com os médicos dr. George Kalil e dr Willian.
O aposentado Edison Simoni Chapela, 66 anos, afirmou que o procedimento foi maravilhoso em todos os sentidos, desde a equipe médica, tempo, tratamento e agora o acompanhamento. “É uma cirurgia muito delicada e muito perigosa, mas foram muito competentes e estão de parabéns. Eu estava aflito e ansioso, mas correu tudo bem. Sou pioneiro e graças a Deus foi bem sucedido o procedimento”, afirmou Chapela.
O paciente agradeceu que foi a mão de Deus que esteve ao seu lado. “Eu indico esse procedimento que fiz, é uma equipe de primeira linha. Estamos no Brasil e esta é uma equipe de primeiro mundo”, destacou o paciente que foi submetido a sua primeira cirurgia em toda a sua vida.

Foto – A esposa Vera Araújo Chapela ao lado do marido Edison Chapela na manhã de sexta, no Hospital São Jorge
Na foto: Dr George kalil, dr Willian Vendramini, dr Danilo de Oliveira, dr Uebe Chade Rezek
Equipe vasculares, anestesista e intervencionista respectivamente

Compartilhe: