Ir para o conteúdo

quarta-feira, 24 de julho de 2024

Notícias

Setor de Alimentos Lidera Empregos na Indústria Brasileira em 2022

Nesta quinta-feira, 27 de junho, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os resultados da Pesquisa Industrial Anual (PIA) Empresa de 2022, revelando que o setor de fabricação de alimentos é o principal empregador da indústria brasileira. Com 22,8% do total de 8,3 milhões de pessoas empregadas no setor industrial nacional, os alimentos destacam-se pela sua significativa representatividade econômica e social.

Além dos alimentos, outros segmentos que se destacaram em termos de ocupação foram a indústria de confecção de artigos do vestuário e acessórios, responsável por 7% dos empregos, e a fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos, com 5,9% do total de trabalhadores.

Os números impressionam não apenas pelo volume de empregos gerados, mas também pelo impacto econômico das indústrias em questão. Ao todo, foram contabilizadas 346,1 mil empresas industriais ativas em 2022, que não só empregaram milhões de brasileiros, mas também contribuíram substancialmente para a economia nacional. A receita líquida de vendas alcançou a marca de R$ 6,7 trilhões, enquanto o valor de transformação industrial atingiu R$ 2,5 trilhões, com 89,3% desse montante proveniente das indústrias de transformação.

Desde 2013, a predominância das indústrias de transformação na absorção da mão de obra se mantém estável, representando 97,3% dos empregos totais no setor industrial. Esse cenário sublinha a importância contínua das indústrias de transformação como motores do mercado de trabalho no Brasil, apesar das variações econômicas ao longo dos anos.

Com esses dados, a PIA Empresa reforça não apenas a relevância estratégica dos setores mencionados, mas também a necessidade de políticas públicas que incentivem o crescimento sustentável e a competitividade dessas indústrias, garantindo não apenas a manutenção, mas o fortalecimento do emprego e da produção industrial no país.

Compartilhe: