terça-feira, 01 de dezembro de 2020

Notícias

Serviço de táxi caiu 80% na cidade de Barretos e categoria pede apoio

Os Taxistas de Barretos vêm enfrentando sérias dificuldades neste período da pandemia do novo coronavírus, principalmente após a redução de 80% no número de corridas realizadas. Segundo o presidente, Júlio César de Souza Júnior, desde o mês de agosto do ano passado a categoria teve uma redução grande nos serviços, com o surgimento dos aplicativos, motoristas clandestinos atuando no transporte de passageiros e somado a reforma do Terminal Rodoviário, contribuiu ainda mais para a queda nas corridas.
Segundo o presidente do Sindicato de Barretos e região, Júlio César de Souza Júnior, 32 anos, que há 12 anos atua como taxista, com a pandemia o serviço caiu ainda em torno de 80% dentro da cidade de Barretos e com a reinauguração da rodoviária a expectativa é que ocorra uma melhora nos serviços. “Gostaria de pedir aos passageiros para que não aceitem à abordagem de motoristas clandestinos que estão atuando nas portas dos ônibus, dentro do Terminal.E que contratem apenas os taxistas ou peçam corridas pelo celular”, orientou
O presidente do Sindicato, afirmou também que fez uma solicitação através de ofício a Prefeitura, solicitando o pagamento de três parcelas aos condutores autônomos no valor de R$500,00 a serem pagas nos meses de julho, agosto e setembro de 2020. “Não obtivemos resposta alguma, a gente até tentou”, afirmou Júlio.

Compartilhe: