Ir para o conteúdo

sábado, 13 de abril de 2024

Notícias

Saae pede para que população denuncie ligações clandestinas

Em um esforço para combater a fraude hídrica, Marcelo Borges, superintendente do Saae, pede à população que desempenhe um papel ativo na identificação e denúncia de ligações clandestinas e violações de hidrômetros.

Marcelo enfatiza que essas práticas ilegais, além de serem infrações graves previstas no código penal, comprometem a eficiência do fornecimento de água e prejudicam tanto a comunidade quanto o meio ambiente. Ele alerta para as consequências diretas dessas ações, incluindo vazamentos, diminuição da pressão da água, e a possibilidade de desabastecimento em algumas áreas.

O superintendente sublinha que cada denúncia contribui significativamente para a preservação do recurso mais precioso da comunidade: a água. Ele lembra que ao denunciar suspeitas de fraude hídrica, os moradores ajudam a autarquia a tomar medidas rápidas e eficazes para resolver esses problemas.

As denúncias podem ser feitas pelos fones: 0800 772 5300 e (17) 3321-5300, que também é um número de WhatsApp – para que os cidadãos possam reportar suspeitas, garantindo anonimato e segurança na comunicação.

“A luta contra as ligações clandestinas é um esforço coletivo e a colaboração e vigilância da população são essenciais para garantir a sustentabilidade dos recursos hídricos. Nosso compromisso é trabalhar incansavelmente para fornecer um serviço de água de alta qualidade, responsável e acessível para todos”, enfatiza Marcelo.

Compartilhe: