Ir para o conteúdo

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Notícias

Restos mortais do padre André são depositados em sarcófago no Santuário do Rosário

Em cerimônia realizada na noite de segunda (29), no Santuário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, ao final da celebração da missa, ocorreu o reconhecimento canônico dos restos mortais do sacerdote professo da Congregação de Jesus Sacerdote, o Servo de Deus André Bortolameotti. O chanceler do bispado, padre Luís Fernando do Nascimento fez a leitura da ata de reconhecimento canônico dos restos mortais do sacerdote professo da Congregação de Jesus Sacerdote, e em seguida Dom Milton Kenan Júnior, bispo diocesano, fez a lacração das urnas com os ossos e relíquias. O lacre garante a autenticidade das relíquias quando da beatificação do padre André que não tem prazo definido para acontecer. Um antigo altar mor, ao lado de onde ficava o túmulo, na lateral do santuário, foi adaptado para ser o sarcófago onde foi depositada a urna.
A celebração foi concelebrada por diversos padres da diocese, e contou com a presença da Prefeita de Barretos, Paula Lemos, do presidente da Fundação Pio XII, Henrique Prata que, junto a outras pessoas assinaram o pergaminho da ata de reconhecimento dos restos mortais que também foi depositada na urna.
O processo diocesano está previsto para terminar no primeiro semestre do ano que vem. O trabalho concluído será encaminhado para a Santa Sé para que a Congregação da Causa dos Santos que dará o parecer final. Depois, o parecer será apresentado ao Papa Francisco que declara ou não Venerável o padre André seguindo o processo de beatificação.

Compartilhe: