Ir para o conteúdo

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Notícias

Rádio detém forte credibilidade e força publicitária

O tempo médio que cada ouvinte passa escutando rádio por dia é de 3h55

A credibilidade do rádio é inquestionável: 83% dos ouvintes reconhecem que o rádio apresenta notícias com agilidade e 64% confiam nas notícias que ouvem.

E sobre a publicidade no meio, entre os top 100 anunciantes do mercado brasileiro, 99% anunciaram no rádio no primeiro semestre de 2023.

A porcentagem dos ouvintes que prestam atenção nos anúncios em áudio é de 53%. Desses, 50% preferem comerciais no rádio entre os programas e as músicas, 27% para ações publicitárias por locutores durante os programas de rádio e 25% para promoções da emissora, indica estudo especial que mapeia o consumo de rádio, divulgado pela Kantar IBOPE Media em comemoração ao Dia do Rádio, comemorado em 25 de setembro.

O estudo também aponta que a diversidade de locais onde as pessoas ouvem rádio é vasta: 58% da audiência ocorre em casa, 27% em carros particulares, 12% no trabalho, 7% em teletrabalho, 5% no transporte público, 4% na rua ou ao ar livre, 4% em táxis ou apps de transporte e 4% em outros contextos.

A música segue como principal conteúdo procurado pelos ouvintes de rádio, com 94% da preferência da audiência, seguida por 32% para notícias locais, 26% para noticiários nacionais, 25% para notícias de trânsito e 24% para futebol (notícias e comentários).

Sobre o hábito de se ouvir rádio no dial ou no online, a jornada de audiência revela um padrão consistente. Entre 05h e 00h00, o pico de audiência no dial ocorre das 09h às 11h, enquanto online é por volta das 08h.

O dial mantém o maior volume de audiência entre os dois modos e as curvas de consumo apresentam comportamentos similares ao longo do dia.

A audiência online do rádio tem mostrado vigor. O tempo médio diário dedicado à audiência online é de 2h45, e 12% das pessoas nas regiões pesquisadas sintonizaram em rádios web nos últimos 30 dias. A maioria (67%) usa seus celulares para sintonizar, 29% pelo computador e 11% por outros dispositivos.

Compartilhe: