Ir para o conteúdo

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Notícias

Profissionais do Hospital de Amor têm curso de LIBRAS para promover a inclusão

Uma Oficina de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) está sendo oferecida para profissionais que atuam no Hospital de Amor, pelo Instituto Sociocultural do H.A., por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet do Ministério da Cultura. A Oficina “Amor expressado pelas mãos” faz parte do projeto “Arte para a Vida”.

De acordo com a professora de LIBRAS Vanilda Divina Almério Bistaffa, a oficina tem carga horária de 30 horas, com aulas às segundas-feiras, durante 16 semanas, dividida em dois módulos, com sinais básicos nessa primeira etapa.

“É fundamental que o colaborador da área da saúde tenha conhecimento sobre LIBRAS, uma língua reconhecida pela Lei 10.436 de 2002, para realizar atendimentos a pessoas surdas e oferecer esse acolhimento tão necessário”, afirmou a professora Vanilda.

A auxiliar administrativa da captação da central de relacionamento do Hospital de Amor, Michele Ferreira dos Santos, conta que teve um breve contato com a LIBRAS durante o curso de pedagogia, e que se matriculou nesta Oficina para se aperfeiçoar. “Acho essencial aprender LIBRAS, todos nós deveríamos saber. Quero poder auxiliar o maior número possível de pessoas surdas, quando for necessário”.

Compartilhe: