Ir para o conteúdo

sábado, 20 de abril de 2024

Notícias

Professora tem diversas movimentações indevidas em sua conta bancária

Na delegacia esteve uma professora de 49 anos e em relato ela disse que uma pessoa entrou em contato com ela através de uma ligação de WhatsApp e informou que seria funcionária do banco em que ela é cliente, vindo a convencer a vítima a adicionar o aplicativo do banco em seu celular e cadastrar o seu cartão digital.

Ocorre que depois disso a falsária efetuou inúmeras transações em nome da vítima, como compras em débito e crédito, pagamento de títulos, empréstimo no valor de R$8.400,00, cujo total foi gasto nestas compras e pagamentos e ainda outros pagamentos em seu cartão de crédito, totalizando mais de R$12.000,00.

Ao perceber a fraude a vítima entrou em contato com o banco, sendo todas as senhas bloqueadas, e foi detalhado que as transações indevidas foram as seguintes: dois empréstimos nos valores de R$4.200,45 e R$4.111,42, três pagamos nos valões de R$309,89, R$360,00 e R$500,00, dois pagamentos de tributos nos valores de R$3.990,00 e R$3.595,03.

Compartilhe: