terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Notícias

Produtores rurais realizarão “tratoraço” contra aumentos do ICMS

Através de uma Comissão de produtores ruraise pecuaristas, com o apoio do Sindicato Rural do Vale do Rio Grande, acontece nesta quinta (7), às 8h, um Tratoraço, na avenida Necker Camargos, com a rua Uruguai, na entrada da cidade de Barretos. Na oportunidade, os produtores estarão protestando contra o aumento das alíquotas de ICMS (Imposto de Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) que entrou em vigor desde o dia 1º de janeiro.
A integrante da comissão, a pecuarista Chris Morais, afirmou que os reajustes propostos pelo Governador de São Paulo, João Doria, vai chegar no consumidor final resultará na perda do poder de compra. “O imposto estará incidindo no preço do leite, carne e todos os produtos da cadeia alimentícia. Em um período de pandemia e desemprego, ainda tendo este valor de tributação, vai diminuir o poder de compra”, afirmou Morais.
O presidente do Sindicato Rural do Vale do Rio Grande, Ênio Rodrigues, defende que ocorra um adiamento do reajuste das alíquotas para 2022, devido à pandemia. “Vai aumentar tudo, inclusive produtos que não eram taxados como verduras e legumes passarão a ter impostos”, afirmou Ênio.
Além de Barretos, mais de 50 cidades paulistas já confirmaram a realização do tratoraço de protesto contra o reajuste.

Compartilhe: