Ir para o conteúdo

domingo, 16 de junho de 2024

Notícias

Procon monitora preço do arroz em supermercados da cidade

Consumido em grande escala pelo brasileiro, o preço do arroz tem atraído a atenção em virtude da tragédia no Rio Grande do Sul, uma vez que o estado é o maior produtor do país, com 70% da produção do alimento.

O Procon informou que está monitorando o preço do alimento em Barretos desde o dia 27 de maio, através de pesquisa sazonal exclusiva do cereal. Realizada pelo Centro de Estudos e Pesquisas do órgão municipal, a pesquisa ainda será utilizada para fiscalizar o preço do arroz.

Segundo Daiane Domingues, encarregada de Fiscalização, os mercados têm liberdade para estabelecer preços e até limitar a quantidade vendida a cada cliente, desde que haja justificativa. “No momento, não há indícios de que teremos problemas. Não há necessidade de estocar o alimento, pois isso pode prejudicar outros consumidores”, disse ela.

A pesquisa de arroz do é realizada em dez supermercados barretenses e observa o preço de 15 marcas com boa distribuição. Todos os itens são de arroz branco, Tipo 1, em embalagem de 5 kg.

Legenda: Daiane Domingues, encarregada de fiscalização do órgão em Barretos

Compartilhe: