domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias

Policia Rodoviária apreende trator em condições suspeitas

Os Policiais Militares Rodoviários, cabo Geismar e soldado Wallisson, informaram que eles estavam em patrulhamento pela Rodovia Brigadeiro Faria Lima, quando no KM426 se depararam com um caminhão avariado, sem um eixo, no acostamento da rodovia, o qual carregava um trator.
Foram solicitados os documentos pessoais do condutor do caminhão e a nota fiscal do trator, sendo verificado que tratava-se de uma nota fiscal, faturada na cidade de Arrais/TO. Porém quando o condutor do caminhão foi indagado do local de carregamento do trator, ele disse que foi em meio a um canavial, na cidade de Colina/SP e que levaria o trator para Miranorte/TO, ou seja cidade de destino diferente de onde foi faturada a nota fiscal apresentada.
Os policiais também notaram que a plaqueta de identificação do trator não condiz com o estado de conservação dele, pois é bem nova, estando também mal fixada, e que geralmente a identificação é feita por 10 números, e naquela plaqueta haviam apenas 9 números.
O motorista explicou que recebeu um itinerário do comprador e vendedor do trator, os quais disseram que ele deveria seguir pela rodovia Faria Lima até um monumento de concreto, e após 4 km, deveria entrar em um canavial onde o vendedor estaria esperando.
Desta forma, ele levou os policiais até o local onde foi embarcado o trator, mas não havia ninguém por lá, momento em que os policiais se deslocaram até a delegacia, onde o motorista, identificado como W.R.C., 50 anos, relatou que reside em Miranorte/TO, e seu vizinho, “Antônio Luiz”, que é proprietário de uma borracharia onde também se estabelece uma revenda de tratores, o contratou para que viesse até cidade de Colina, pois havia comprado um trator.
Ele então foi até Colina, embarcou o trator e então chegou um carro Ford Fiesta, preto, porém não visualizou quem estava dentro e a pessoa lhe entregou uma nota fiscal de compra, e quando ele saiu, sentido Miranorte/TO, o caminhão quebrou próximo a Barretos, quando então chegaram os policiais, não sabendo ele que nota fiscal do trator estava errada.
O trator foi apreendido e o caso encaminhado ao setor de investigação.

Compartilhe: