Ir para o conteúdo

quarta-feira, 17 de abril de 2024

Notícias

Polícia Militar prende indivíduo por tentativa de homicídio e mulher por favorecimento pessoal

Os Policiais Militares, cabos Toge e Maximiano, prenderam os indiciados G.P., 39 anos, pelo crime de tentativa de homicídio e a C.C.A.S., mulher, 41 anos, pelo crime de favorecimento pessoal.

De acordo com as informações, por volta das 2h30 da manhã a Polícia Militar recebeu a informação de que um indivíduo, trajando camisa do time de futebol Barcelona, com várias tatuagens pelo corpo e acompanhado de uma mulher, teria ido até a residência da vítima M.J.S., 53 anos, na Avenida 19, e teria efetuado um disparo de arma de fogo na tentativa de matá-lo, porém não obteve êxito, sendo ainda informado que as câmeras de segurança, registraram o momento em que o homem entregou a arma para a mulher e ambos deixaram o local.

Posteriormente, por volta das 13h30, foi repassada outra ocorrência, informando que o casal estava em uma casa na Avenida 21 com a Rua 04, ocasião em que os policiais foram até lá e lograram êxito em localizá-los sentados em frente à residência, que se encontrava com a entrada principal aberta.

Ao realizarem a busca pessoal, foi localizado na cintura do G.P., um revólver, marca Taurus, calibre 38, com numeração e duas munições intactas, sendo que a munição utilizada por ele, havia sido jogada fora.

Foi acionada uma viatura para apoio e então o tenente Max indagou a C.C.A.S. sobre os fatos, tendo a mulher confessado que havia ido até um salão de beleza próximo e pedido para alguém acionar a Polícia Militar e ainda, informar que ela estaria em cárcere privado desde o dia anterior, tendo sido forçada a guardar a arma utilizada para tentar matar a vítima M.J.S., e que também havia sofrido agressão física por parte do proprietário da casa onde o indiciado foi localizado portando a arma de fogo.

Em seu relato o dono da casa disse que não percebeu que o indiciado estava armado e negou as agressões contra a mulher, tendo o indiciado confessado que tentou matar o M.J.S., para “cobrar uma bronca”, pois em 2011 sofreu uma tentativa de homicídio por parte dele, que tentou lhe matar utilizando uma faca e que por ter saído da cadeia recentemente, comprou a arma pelo valor de R$3.000,00.

Diante disso foi dada a ele voz de prisão pela tentativa de homicídio e a mulher por favorecimento pessoal, sendo as prisões ratificadas na delegacia e o homem levado para a cadeia da cidade de Colina, enquanto que a mulher foi levada para a cadeia da cidade de Bebedouro e a arma devidamente apreendida.

Compartilhe: