Ir para o conteúdo

sexta-feira, 05 de março de 2021

Notícias

PM apreende veículo

Os Policiais Militares, tenente Luiz Neto, cabo Araújo e soldado Adriano, informaram na delegacia que durante patrulhamento pelas ruas do bairro Dom Bosco, eles se depararam com um veículo Jeep Renegade, ano 2020, prata, transitando pelas ruas do bairro e em seguida seu condutor parou próximo a um local conhecido como ponto de venda de drogas e passou a manter contato com um indivíduo que estava com uma sacola em mãos.
Quando o rapaz que estava com a sacola na mão visualizou a viatura policial, empreendeu fuga e o condutor do carro acelerou, momento em que foi iniciado o acompanhamento por parte dos policiais, porém, logo que lhe foi dada ordem de parada o condutor estacionou o carro.
O motorista foi identificado como G.S.I.F., 36 anos, morador na Avenida 45, e em pesquisa foi constatado que o mesmo constava como produto de apropriação indébita, sendo descoberto pelos policiais que o G.S.I.F. teria alugado o carro de uma empresa de outra cidade e não havia feito a devolução do veículo.
Em contato dos policiais com a referida empresa, também foi informado que o indiciado é reincidente neste tipo de delito, já sendo conhecido nos meios policiais pelo envolvimento com o tráfico de drogas e furto de “pedras de boi” na cidade de Barretos.
Em seu relato o indiciado disse que alugou o veículo de uma empresa com prazo de 08/02/2021 a 10/02/2021, e passou o cartão de crédito como caução, mas no dia de entregar o veículo resolveu que ficaria com o mesmo por mais alguns dias e que depois acertaria com a empresa o valor excedente caso houvesse.
Então, foi abordado pelos Policiais Militares e soube que o veículo estava com registro de ocorrência de apropriação indébita e que já é cliente da empresa há algum tempo e possui registro de outros aluguéis, estando ainda em tratativas com a empresa para a devolução do veículo e que possui áudios que comprovam o que estava dizendo, os quais serão apresentados posteriormente por seu advogado.
Foi arbitrada fiança no valor de R$ 5.000,00, a qual foi exibida, sendo ele liberado, mediante alvará de soltura, enquanto o veículo foi apreendido, sendo tomadas todas as medidas administrativas.

Compartilhe: