quinta-feira, 02 de julho de 2020

Notícias

Polícia Militar apreende armas com caçadores e localizam uma capivara fatiada dentro de um tambor

Dois homens, com idades de 53 e 21 anos, ambos moradores na cidade de Morro Agudo, foram presos pelos Policiais Militares da Força Tática, sargento Roberto, cabo Santana e soldado Araújo, pelos crime de posse irregular de arma de fogo e crime ambiental de abate de animais da fauna silvestre sem a devida permissão.
Segundo consta, a equipe do sargento Roberto recebeu a informação de que havia ocorrido um roubo na Fazenda Ribeirão das Pedras, no município de Jaborandi, ocasião em que eles para lá se deslocaram com o intuito de apoiar as equipes policiais daquela cidade e em patrulhamento pela via rural, Rodovia Genoveva de Lima de Carvalho Dias, altura do KM 128, os policiais se deparam com um veículo Gol, preto, todo empoeirado, momento em que resolveram pela abordagem.
No interior do carro estavam os dois homens, e em revista pessoal junto a eles nada de ilícito foi encontrado, porém, ao revistarem o carro, os policiais encontraram uma espingarda calibre 32, que estava no banco dianteiro do veículo e no porta malas havia um tambor com uma capivara inteira “fatiada” e mais uma espingarda calibre 12.
De imediato o rapaz de 21 anos confessou ser o proprietário da espingarda calibre 12 enquanto o homem de 53 anos disse ser o proprietário da espingarda calibre 32.
Diante destas circunstâncias os dois homens novamente foram indagados sobre o que estavam fazendo naquela localidade, e eles então informaram que são caçadores e que haviam acabado de abater aquele animal, e ao serem questionados se havia mais armas, o rapaz de 21 anos disse que em sua casa, na cidade de Morro Agudo, existiam mais cinco armas de fogo.
Foi solicitado apoio as equipes da Cavalaria com o sargento Almeida, cabo Belli e soldados De Castro, Saboya e Gilberto, além dos Militares, sargento Renato e cabos Bruno, Eder, Rivaldo e Coquinete, tendo todos se dirigido até a residência do indiciado, no centro de Morro Agudo.
No local eles obtiveram autorização para a entrada na residência da mãe do indiciado e em buscas foram localizadas cinco armas de fogo, várias munições e apetrechos para a fabricação de munições.
Foi dada voz de prisão aos dois homens, e eles foram apresentados no plantão policial de Barretos, onde as prisões foram ratificadas pelo delegado, Dr. Edison Winning, que arbitrou fiança no valor de R$1.100.00 a cada um dos indiciados.
As fianças foram saldadas, sendo os dois homens colocados em liberdade para responderem ao processo, sendo ainda mantido contato com a Polícia Militar Ambiental, por meio do soldado Oliveira, que determinou a destinação da carne de capivara apreendida, a qual será descartada pela Polícia Ambiental.
No total foram apreendidas duas espingardas calibre 12, três espingardas calibre 35, diversas munições de vários calibres e muitos apetrechos destinados a carregar cartuchos.

Compartilhe: