Ir para o conteúdo

domingo, 19 de maio de 2024

Notícias

Polícia esclarece furtos praticados em Rio Preto, recupera objetos e quatro pessoas são apresentadas na delegacia

A ocorrência foi apresentada na delegacia pelos Policiais Militares, sargento Leliano e cabo Andrea, e eles relataram que realizavam patrulhamento preventivo pelas ruas da cidade quando receberam a informação de que um veículo Ford/Ka, vermelho, estaria envolvido em uma situação de furto na cidade de São José do Rio Preto, tendo eles também a informação de que o carro estava estacionado em frente a uma residência localizada na Avenida Epitácio Dias, Jardim Anastácio em Barretos.

Diante disso os policiais realizaram diligências e efetuaram a abordagem do frentista G.O.L., 34 anos, que confessou ter praticado furtos em residências na cidade de São José do Preto e ele também autorizou que os policiais adentrassem ao seu imóvel, onde foram localizados dois televisores e um videogame Playstation 5 sem procedência.

Indagado sobre os fatos, ele respondeu que o televisor de 60 polegadas e o computador teriam sido vendidos para o W.S.S., 24 anos, no dia 02/04/2024 através do Facebook.

Os policiais então foram até a residência do W.S.S., que ao ser questionado, respondeu que havia vendido o aparelho de televisão, também pela internet, para o R.A.A.M.Q., 30 anos, pela quantia de R$700,00 e mais quatro rodas de liga leve, sendo que a transação foi realizada em 04/04, enquanto que sobre o computador ele havia vendido em uma loja de equipamentos eletrônicos.

Nesta loja os policiais mantiveram contato com o proprietário e ele disse que havia comprado o computador por R$1.800,00 no dia 05/04, mas já tinha vendido algumas peças separadas para vários clientes, mas se comprometeu a recuperar as peças e montar novamente o computador, o que foi feito durante a elaboração do boletim de ocorrência.

Policiais Militares da cidade de Colina, localizaram naquela cidade o R.A.A.M.Q., que apresentou a eles um aparelho de televisão, mas não era o objeto furtado em São José do Rio Preto.

Em nova conversa com o G.O.L, ele confessou que havia vendido a televisão para o C.H.R., 38 anos, o qual informou que havia adquirido a televisão em uma troca que fez naquele dia com o autor do furto.

Todos os objetos foram apreendidos e restituídos a vítima, sendo dada voz de prisão ao C.H.R., pelo crime de receptação, sendo arbitrada fiança no valor de R$1.500,00 a qual foi saldada e ele colocado em liberdade para responder ao processo.

Compartilhe: