Ir para o conteúdo

quinta-feira, 13 de junho de 2024

Notícias

Policia Civil prende indivíduo que teria abordado e praticado atos contra uma criança em praça pública

A Policia Civil de Barretos com os agentes da Delegacia de Defesa da Mulher e apoio dos policiais da Central de Polícia Judiciária (CPJ), prendeu um indivíduo de 54 anos que teria abusado sexualmente de uma criança e tentado cometer o mesmo crime com uma segunda criança.

Segundo consta, o primeiro caso ocorreu em 29 de maio, quando um indivíduo desconhecido teria molestado uma criança de nove anos no bairro Aeroporto e então, no dia 3 de junho, surgiu outro relato alarmante, indicando que um homem desconhecido tentou colocar uma criança de seis anos em sua bicicleta e oferecido doce para ela ir com ele, dessa vez o fato ocorreu na praça do bairro Cecap 2.

Na ocasião, a mãe da criança foi até a delegacia e relatou que, por volta das 15 horas, sua filha de 6 anos estava brincando em uma praça, no bairro Cecap 2, ocasião em que um indivíduo a abordou e disse ela: “Olha a minha bicicleta” (SIC).

Ainda de acordo com o que a criança relatou a mãe, o indivíduo a pegou no colo para colocá-la na bicicleta, momento em que a prima da criança, que também tem 6 anos de idade, deu um grito chamando pela vítima e neste momento o indivíduo soltou a criança, contudo, ele ficou rondando a residência da avó da vítima.

Uma das tias da vítima chamou a polícia e quando ela avistou o indivíduo de bicicleta subindo a rua, perguntou a ele se era ele quem havia pegado a criança no colo, tendo ele respondido que não, mas a criança afirmou que que tinha sido ele, e então o suspeito se evadiu do local.

Diante desses relatos, a Delegacia da Mulher iniciou uma investigação minuciosa para identificar o suspeito e com base nas informações obtidas, a delegada, Dra. Denise Paro, solicitou a prisão preventiva do autor junto ao Poder Judiciário, que emitiu mandado de prisão em desfavor do suspeito no dia 05/06/2024, sendo ele localizado e preso por volta das 18h15 do mesmo dia em um hotel no bairro Alvorada.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito possui antecedentes criminais, inclusive passagem pelo crime de estupro de vulnerável em 2012, sendo ele apresentado na delegacia e depois encaminhado para a cadeia da cidade de Colina, onde permaneceu preso, aguardando os desdobramentos legais de caso.

Desta forma, mais uma vez, a Delegacia de Defesa da Mulher,            demonstra seu compromisso de proteger os mais vulneráveis ​​e de garantir que crimes contra crianças sejam investigados e punidos de maneira rigorosa.

Compartilhe: