Ir para o conteúdo

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias

Polícia Civil desencadeia operação interestadual de combate a desvio de cargas

A Polícia Civil do Estado de São Paulo, por intermédio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Barretos, desencadeou, na manhã de ontem (16), operação interestadual, denominada “Falso Frete”, visando à desarticulação de organização criminosa destinada a desvios de carga. A operação ocorreu nos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais.

A ação contou com apoio de agentes da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), do GOE (Grupo de Operações Especiais) de Barretos, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São Carlos, bem como da Polícia Civil de Minas Gerais (Delegacia Regional de Uberlândia) e da Polícia Civil de Goiás (1º Distrito Policial de Trindade/GO.

As investigações se iniciaram a partir do registro de uma ocorrência policial de um suposto roubo de carga de transformadores elétricos, avaliada em mais de R$ 700 mil. Na ocasião, em maio de 2023, o motorista que havia sido roubado em Barretos.

Com a utilização de modernas técnicas de investigação, os agentes conseguiram descobrir que o roubo noticiado não ocorreu, tratando-se, na verdade, de desvio de carga com conluio do motorista, um homem de 43 anos, morador da cidade de Trindade/GO. Para efetuar o carregamento dos transformadores, o homem utilizou documentos falsos.

Também foi possível apurar o envolvimento de outro homem, de 40 anos, morador da cidade de Uberlândia/MG, que seria o responsável pela intermediação e venda fraudulenta da carga.

A investigação também conseguiu demonstrar que a carga teria sido transbordada na cidade de São Carlos/SP.

Diante disso, a autoridade policial responsável pela investigação representou ao Poder Judiciário de Barretos pela prisão temporária dos dois homens e pela expedição de quatro mandados de busca e apreensão.

Na manhã de ontem, os agentes, com auxílio da Polícia Civil de Goiás, conseguiram prender o motorista na cidade de Trindade/MG. O outro homem foi preso na cidade de Uberlândia/MG. Na ocasião, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nestas cidades e também no município de São Carlos.

Os homens responderão pelos crimes de furto qualificado, falsificação de documento, falsa comunicação de crime e organização criminosa.

As investigações prosseguem para apurar o envolvimento de outras pessoas com os crimes aqui apurados, bem como para verificar se eles praticaram outras infrações penais semelhantes.

Compartilhe: