Ir para o conteúdo

quarta-feira, 25 de maio de 2022

Notícias

Polícia apreende animais em maus tratos e autora é multada em 35 mil reais

Os policiais militares Rodoviários, cabo Dos Reis e soldados Rufino e Ximenes, em atendimento a solicitação de apoio a uma ocorrência iniciada pela Polícia Civil de Barretos (homicídio) compareceram até a Delegacia Seccional, onde foi informado pelo investigador Tales, que havia sido realizada diligência até o endereço de uma mulher e lá os policiais encontraram quatros cachorros muito magros, sem água, sem comida e com o quintal tomado por fezes.
Foi verificado que além dos cachorros, ainda havia sete aves aprisionadas, também em condições precárias, com gaiolas muito sujas e sem água e comida. Os cachorros foram recolhidos para um abrigo de animais e permaneceram recebendo os devidos cuidados, sendo ainda observado pelos policiais que havia quatro aves nativas sem autorização, sendo dois Papagaios verdadeiro, um Canário verdadeiro um Coleirinho Papa capim, além de três exóticas, dois canários Belgas e uma Calopsita.
O delegado de polícia lavrou a ocorrência em desfavor da autora por manter em cativeiro os animais e praticar ato de maus tratos, sendo ela colocada em liberdade após prestar depoimento.
Administrativamente foi elaborado o Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 33.000,00, referente aos onze animais e outro Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 2.000,00 pelas aves nativas em cativeiro sem autorização.
As aves foram recolhidas até a sede da Polícia Ambiental para serem destinadas posteriormente.

Compartilhe: