quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Notícias

PM apreende drogas em residência nos bairros Nogueira e Jockey Clube

Polícia Militar localiza e apreende mais de um quilo de cocaína em residências nos bairro Nogueira e Jockey Clube
Dois jovens, identificados como C.D.R.S., 21 anos, morador no bairro Jockey Clube e I.R.S., 22 anos, morador no bairro Nogueira estão na condição de suspeitos de serem os proprietários de mais de um quilo de drogas que foram apresentados na delegacia pelos Militares, sargento Uewerton e soldados Junior e Ricardo, que também apresentaram documentos, celulares, pinos vazios, balança e mais de um quilo de cocaína.
De acordo com os policiais, eles receberam uma denúncia de que o I.R.S., estaria armazenando grande quantidade de entorpecentes em uma
residência “Mocó”, na Rua Doutor Savigni de Almeida Prado, bairro Nogueira, e a denúncia apontava ainda que os entorpecentes seriam de propriedade do C.D.R.S., ambos associados no tráfico, ficando o primeiro no imóvel, como responsável pela distribuição dos pinos nos pontos de tráfico (biqueiras).
Os policiais foram até o local e encontraram, mais precisamente, no quarto do investigado I.R.S., 674 pinos com cocaína e, aproximadamente, outros 100 pinos vazios, curriculum vitae em nome do indiciado e sua Carteira de Trabalho, porém, ele não se encontrava na casa.
Em seguida os policiais foram até a residência do C.D.R.S., na Avenida Doutor Roberto Rios, bairro Jockey Club, e no interior da residência, embaixo da pia da cozinha, foi localizado um tijolo de pasta base de cocaína, que apresentou peso de 396 gramas, e uma balança de precisão, enquanto que no quarto dele foram localizados vários documentos, recibos de pagamentos da locação do imóvel em seu nome, a quantia de R$150,00 em dinheiro, um orçamento de conserto de moto em nome do I.R.S., bem como um Mandado de Intimação em nome do I.R.S., além de um aparelho celular que estava no sofá da sala, não sendo o investigado localizado.
Toda a droga, dinheiro e demais objetos e documentos foram apreendidos, sendo o caso encaminhado ao setor de investigação.

Compartilhe: