segunda-feira, 13 de julho de 2020

Notícias

Pastores dizem que foram pegos de “surpresa” com ação judicial

Em reunião na manhã de ontem, pastores de igrejas evangélicas de Barretos afirmaram que foram “pegos de surpresa” com a liminar concedida pela justiça, permitindo atividades religiosas somente individualizadas e sem aglomerações.
“Desde o início da pandemia, estamos adotando todas as medidas necessárias, como distanciamento de pessoas, álcool gel na entrada e até um tapete especial para higienização na entrada das igrejas”, explicou o pastor Erick Bretanha, presidente do Conselho de Pastores de Barretos.
De acordo com Bretanha, o Conselho está analisando a liminar e deverá buscar uma maneira de recorrer da decisão.

Compartilhe: