Ir para o conteúdo

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias

Para gestor da Fundação Pio XII, Tabela SUS Paulista é um avanço em relação a convênios anteriores

Para Henrique Prata, presidente da Fundação Pio XII, a Tabela SUS Paulista é um avanço com relação aos convênios feitos anteriormente com o estado – como um de R$ 3 milhões pelo “Mais Santas Casas” -, porque garantem mais estabilidade aos repasses, além de compensar uma defasagem que perdura por mais de duas décadas na tabela federal.

“Já é uma evolução extraordinária porque agora entra como meu direito de prestador de serviço. Ele [governo] está enxergando todo mundo pelo faturamento do SUS”, disse.

Em março, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, os dois hospitais administrados pela Fundação Pio XII, Santa Casa e Hospital de Amor, receberam juntos R$ 11,92 milhões, referentes aos serviços prestados no mês de janeiro deste ano. A Santa Casa recebeu R$ 2,61 milhões, enquanto que ao Hospital de Amor foram repassados R$ 9,31 milhões.

Compartilhe: