quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Notícias

Operação Holerites cumpri 73 mandados e sequestra bens de 42 envolvidos

Na manhã de ontem, a cidade de Barretos amanheceu com uma grande operação coordenada pela Procuradoria Geral de Justiça, Gaeco de São José do Rio Preto e Promotoria de Barretos, com a participação de 21 promotores de justiça e 13 servidores do Ministério Público, com o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil, divididos em 63 viaturas, com 205 policiais militares e 21 policiais civis, cumpriram 73 mandados de busca e apreensão, na Prefeitura e na casa do prefeito e ainda realizaram o sequestro de bens de 42 pessoas beneficiadas pelos holerites premiados.
O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, conforme decisão do desembargador Francisco Bruno, afastou o prefeito municipal Guilherme Ávila e um servidor municipal, conforme decisões proferidas pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e da 1ª Vara Criminal da Comarca de Barretos. “Essa ação que trata de uma investigação da fraude dos holerites, que culminou com a apreensão de uma grande quantidade de dinheiro em espécie em várias residências, celulares, instrumentos de comunicação utilizados pelos integrantes da organização criminosa e documentos valiosos para descoberta da participação de cada um deles.”, afirmou o promotor Tiago Dutra Fonseca, que coordenou a operação do GAECO.

Compartilhe: