Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Notícias

Notas Gerais

O percentual de famílias…

… com dívidas, em atraso ou não, ficou em 78,1% em janeiro deste ano. A taxa ficou acima dos 77,6% de dezembro e dos 78% de janeiro de 2023. Dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada nesta quinta-feira (1º) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A parcela de famílias inadimplentes, isto é, aquelas endividadas que têm contas e dívidas em atraso, recuou em janeiro. Os 28,3% registrados no mês são o menor percentual desde março de 2022. Em janeiro de 2023, a taxa havia sido 29,9%, enquanto em dezembro, ficou em 28,8%.

A ministra da Saúde, …

…Nísia Trindade, anunciou nesta quinta-feira (1) a criação de um Centro de Operação de Emergência (COE) para intensificar as ações de combate e prevenção à dengue, que apresenta uma explosão de casos em algumas regiões do Brasil. “[A dengue] É uma preocupação, sem dúvida. Por isso, o Ministério da Saúde instituiu o centro de operação de emergência da dengue. Esse centro é criado sempre criado quando temos uma situação de preocupação, alerta ou emergência”, anunciou Nísia. Do início do ano para cá, mais de 243 mil casos de dengue foram confirmados no país, a maior parte deles no sudeste e centro oeste.

O setor industrial do…

… Brasil retomou o ritmo de crescimento no início de 2024 e registrou em janeiro o melhor desempenho em um ano e meio, com aumento da produção e do emprego, mostrou nesta quinta-feira (1º) a pesquisa Índice de Gerentes de Compras. Dados da S&P Global mostram que em janeiro o PMI do setor industrial brasileiro alcançou 52,8, de 48,4 em dezembro. O índice volta a ficar em território de expansão pela primeira vez desde agosto e marca o patamar mais elevado desde julho de 2022. A marca de 50 separa crescimento de contração. De acordo com o levantamento, as indústrias brasileiras registraram aumento na entrada de novos trabalhos.

 

O piso salarial nacional…

… de professores da educação básica foi reajustado em 3,62%. O aumento foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União desta quarta-feira (31). A partir de agora, o valor mínimo do salário definido pelo governo federal para o ano de 2024 é de R$ 4.580,57. O reajuste anual é obrigatório, com base em uma lei sancionada em 2008. O novo valor é válido para profissionais que dão aulas na rede pública e cumprem jornada de, pelo menos, 40 horas semanais. Com a publicação do aumento por parte do Ministério da Educação, cada estado ou município precisa oficializar o novo valor por meio de norma própria.

 

Depois de perder…

… o comando do ministério da Justiça e ver seus quadros desalojados do 2º escalão da pasta, o PSB reclama agora do tratamento dispensado ao partido pelo presidente Lula (PT). Dirigentes e parlamentares dizem que a sigla seguirá apoiando a agenda do Palácio do Planalto no Congresso, mas alertam que a relação com o PT “chegou ao limite”. Com a ida de Flávio Dino (PSB) para o STF, o novo titular da Justiça, Ricardo Lewandowski dispensou Ricardo Capelli da secretaria executiva, Tadeu Alencar da Secretaria Nacional de Segurança Pública e Augusto Arruda Botelho da Secretaria Nacional de Justiça – todos nomes indicados pelo PSB.

 

Os preços ao produtor…

… no Brasil recuaram 0,18% em dezembro e fecharam 2023 com deflação acumulada de 4,98%, taxa mais baixa para um ano desde o início da série histórica em 2014. Em 2022, o Índice de Preços ao Produtor (IPP) havia acumulado alta de 3,16%. O dado mensal do IPP divulgado nesta quinta-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) marcou o segundo resultado negativo em sequência, após recuo de 0,34% em novembro. Ao longo do ano passado, os preços ao produtor registraram queda durante a maior parte do primeiro semestre, passando a subir entre agosto e outubro e voltando a cair nos últimos dois meses do ano.

 

O Ministério Público…

… Federal (MPF) arquivou investigações que apuravam atos de improbidade administrativa de autoridades do Distrito Federal por supostas ações ou omissões nos atos de 8 de janeiro. Entre os investigados que tiveram o inquérito civil arquivado estão o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e os ex-comandantes da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF), Klepter Rosa Gonçalves e Fábio Augusto Vieira. As apurações na esfera civil contra o ex-número dois da Secretaria de Segurança Pública do DF, Fernando de Souza Oliveira, e o coronel da PM-DF, Jorge Eduardo Naime Barreto, também foram arquivadas.

 

Durante cerimônia de…

… posse ontem (1º), o novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, citou a infiltração do crime organizado em órgãos públicos e defendeu aliança entre os entes federativos como uma das soluções a serem adotadas por sua gestão. “Já há notícias de que, tal como ocorre em outras nações, o crime organizado começa a infiltrar-se em órgãos públicos, especialmente naqueles ligados à segurança e a multiplicar empresas de fachada para branquear recursos obtidos de forma ilícita. Isso lhes permite expandir a sua ação deletéria sob territórios cada vez maiores, dificultando o seu controle por parte das autoridades estatais”, afirmou.

 

 

 

 

Compartilhe: