Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Notícias

Notas Gerais

A secretária de Comércio…

… Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Tatiana Prazeres, disse nesta terça-feira (30) que as negociações entre o Mercosul e a União Europeia para chegar a um acordo comercial continuam, depois de dúvidas recentes sobre o estado das conversas. Os comentários de Prazeres, feitos em coletiva de imprensa para apresentar o balanço do Grupo de Trabalho de Comércio e Investimentos do G20, vieram após a Comissão Europeia ter dito que continua a buscar um acordo comercial com o Mercosul. Na segunda-feira (29), o gabinete do presidente francês, Emmanuel Macron, havia dito que a UE teria encerrado as negociações.

 

A busca do Corinthians…

… por um acordo pelo pagamento da Neo Química Arena ganhará um novo capítulo nas próximas semanas. O presidente Augusto Melo tem uma viagem marcada para Brasília, onde pretende se reunir com o presidente Lula e outras lideranças para tentar avançar em uma renegociação da dívida do estádio. Vale destacar que, ainda em dezembro, a diretoria do Corinthians, presidida por Duilio Monteiro Alves, apresentou uma proposta à Caixa Econômica Federal para quitar o pagamento da Arena. As pendências seriam convertidas na compra de títulos precatórios, que diminuiriam o valor a ser pago pelo Timão.

 

O Fundo Monetário…

… Internacional (FMI) está mais otimista com o Brasil e vê o país crescendo 1,7% neste ano, contra projeção anterior de 1,5%, conforme a atualização do seu relatório Perspectiva Econômica Mundial, publicada nesta terça-feira (30). Ainda assim, a economia brasileira deve desacelerar frente a 2023, quando deve ter avançado 3,1%, prevê o organismo com sede em Washington, nos Estados Unidos. À frente, o FMI espera que o Brasil volte a acelerar o passo. O Fundo estima que o Produto Interno Bruto (PIB) do país cresça 1,9% em 2025, projeção inalterada frente às estimativas divulgadas pelo organismo em outubro do ano passado.

 

O mercado reduziu…

… pela terceira semana consecutiva a expectativa para o IPCA de 2024, mostrou o Boletim Focus do Banco Central nesta terça-feira (30). A previsão é que o índice que mede a inflação oficial encerre o ano em 3,81%, frente aos 3,86% da semana anterior. A projeção segue acima do centro da meta oficial, que é de 3,0%, mas abaixo do teto, de 4,50%. Para 2025, 2026 e 2027 a pesquisa continua apontando expectativa de alta de 3,50% para o IPCA. Já as estimativas para dólar, PIB câmbio tiveram suas projeções mantidas tanto para 2024 como para 2025. Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa é de crescimento de 1,60% este ano e 2% no próximo.

 

O Brasil perdeu dois…

… pontos e dez posições no Índice de Percepção da Corrupção da Transparência Internacional em 2023, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (30). O país registrou 36 pontos e foi classificado na 104ª posição, entre 180 países avaliados, ao lado da Argélia, da Sérvia e da Ucrânia. O Brasil ficou abaixo da média global (43 pontos), da média regional das Américas (43 pontos) e da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), que ficou em 66 pontos. O resultado do país também ficou abaixo da média de um recorte de países classificados como “democracias falhas” (48 pontos).

Após a liberação dos…

… pagamentos de débitos como IPVA, multas e licenciamento, o Governo de São Paulo ampliou a possibilidade de pagamentos via Pix para outras taxas do Detran-SP. Desde a segunda-feira (29), mais 11 débitos da autarquia estão disponíveis para pagamento por meio do sistema. Para realizar a quitação das novas taxas incluídas, assim como dos débitos já liberados, o caminho segue sendo o mesmo. O cidadão deverá acessar o portal da Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado e gerar um QR Code. Na primeira fase, o pagamento via Pix foi liberado apenas para quitação do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), em outubro de 2023.

 

Nas primeiras semanas…

… de 2024, o Brasil já registra um acumulado de 217.841 casos prováveis de dengue. Há ainda 15 mortes confirmadas e 149 em investigação. Com base nos números, a incidência da dengue no país é de 107,1 casos para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto a taxa de letalidade da doença está em 0,9%. No balanço anterior, referente às três primeiras semanas de 2024, o país registrava 12 mortes e 120.874 casos prováveis da doença. Havia ainda 85 óbitos em investigação. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (30) pelo Ministério da Saúde. A pasta também divulgou dados sobre Chikungunya no país. Nas quatro primeiras semanas de 2024, foram contabilizados 12.838 casos prováveis.

 

O ex-secretário de…

… Desenvolvimento da Infraestrutura do Ministério da Economia Diogo Mac Cord diz acreditar que os processos de privatização vão continuar acontecendo no Brasil independentemente da gestão governamental. “É algo que faz parte da realidade do Brasil desde os anos 90”, afirmou. “Esse ano, esperamos um movimento positivo de concessões rodoviárias, no setor elétrico e de linhas de transmissão”, disse ele. “Estamos vendo um movimento de concessões, mas operações de privatizações, como vimos com a Eletrobras, acho que tá meio seco. O que é uma pena”, relata. Para o ex-secretário, a operação mais aguardada do momento é a da Sabesp.

Compartilhe: