Ir para o conteúdo

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Notícias

Notas Gerais

O calendário está a…

… favor do comércio em 2024. Com menos feriados móveis nacionais caindo em dias úteis, lojistas deverão ter um volume menor de gastos extras para abrir as lojas nos feriados. Diferentemente do que supõe, abrir nesses dias tem impacto negativo no varejo e representa prejuízo. Isso porque nem sempre o funcionamento em feriados é acompanhado de uma contrapartida nas vendas. Nas contas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o prejuízo gerado pela abertura nos feriados de 2024 deve somar R$ 27,92 bilhões. É uma cifra quase 4% menor comparada à registrada em 2023, quando o rombo foi de R$ 28,99 bilhões.

 

O presidente do Senado, …

…Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse, nesta sexta-feira (29), que viu com “estranheza” a medida provisória que propõe a reoneração gradual da folha de pagamento de diferentes setores da economia. Em nota, Pacheco disse que fará uma análise “técnica” e “apurada” sobre o conteúdo da matéria, que também deverá ser discutida com líderes partidários da Câmara e do Senado nos próximos dias. A reoneração de forma gradual a folha de pagamento faz parte de um pacote anunciado pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para tentar cumprir a meta fiscal de déficit zero em 2024.

 

O presidente da Federação…

… Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, ganhou o apoio de outras sete federações e de 30 clubes das Séries A e B para a eleição à presidência da CBF (Confederação Brasileira), que acontecerá no próximo mês. A vaga de presidente da confederação está vaga desde o afastamento de Ednaldo Rodrigues no último dia 7, por decisão do Tribunal de Justiça do Rio. O presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), José Perdiz de Jesus, foi colocado como interino para convocar, até 25 de janeiro, uma nova eleição na entidade.

 

O ministro das Relações…

… Institucionais, Alexandre Padilha, disse que “tem alguns pontos da agenda prioritária para o ano que vem que já estão dados, por exemplo, a regulamentação da reforma tributária”. A reforma tributária foi aprovada no começo deste mês depois de mais de três décadas de debates no Legislativo e alguns itens ainda precisam ser regulamentados por leis complementares abaixo da Constituição. O ministro também aponta a “agenda da chamada transição ecológica” como foco do governo. Neste ano, foi aprovado na Câmara com algumas alterações e volta para o Senado o novo sistema jurídico que consolida o mercado de crédito de carbono no país.

 

De janeiro a dezembro…

… deste ano, o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mais que dobrou o empenho das emendas parlamentares em comparação com o último ano de governo de Jair Bolsonaro (PL). Segundo dados da Secretaria de Relações Institucionais, em 2023, foram empenhados R$34,6 bilhões em emendas. Em 2022, foram R$16,8 bilhões. A diferença equivale a uma alta de 106,14%. O aumento dos recursos alcançou todas as modalidades. Ao longo do ano, o governo foi pressionado a realizar empenho e pagamento de emendas em troca da aprovação de pautas importantes.

 

 

 

Dados do balanço da…

… Operação São Paulo Sem Fogo 2023 indicam que a área total atingida por incêndios florestais até início de dezembro foi de 1.030 hectares. Se comparado ao mesmo período do ano passado, houve uma redução em torno de 86%, quando 7.181 hectares tiveram registro de incêndio. Os dados fazem parte do Painel Geoestatístico dos Incêndios Florestais em Unidades de Conservação e Áreas Protegidas, plataforma da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística (Semil). A redução é verificada no período que encerra a fase vermelha da operação, que compreende o período de junho a outubro.

 

Mulheres que empreendem…

… estão mais sobrecarregadas, acumulando as tarefas de gestão e as domésticas, e por isso encontram mais dificuldades para se dedicar aos seus negócios. A conclusão é da pesquisa “Mulheres empreendedoras: contexto de atuação” realizada pela startup Olhi, em 2023. O estudo deste ano revelou que 54,9% das entrevistadas conciliam funções domésticas com o trabalho de empreendedora, em sua maioria dedicando mais de oito horas ao negócio por dia, e mais de duas a quatro horas com as tarefas do lar.

O Brasil bateu o segundo…

… recorde consecutivo de consumo de energia elétrica em novembro, atingindo 46.407 gigawatts-hora (GWh), alta de 8,5% em comparação com novembro de 2022, informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Segundo a autarquia, é o maior consumo de toda a série histórica desde 2004. “Assim como em outubro, impulsionado pelas ondas de calor, as classes residencial e comercial registraram taxas de expansão de dois dígitos. O consumo industrial também avança e contribui para a alta. No acumulado em 12 meses, o consumo nacional registrou 527.073 GWh, alta de 7,5% em comparação ao período imediatamente anterior”, informou a EPE.

Compartilhe: