Ir para o conteúdo

terça-feira, 11 de maio de 2021

Notícias

Notas Gerais

O volume de serviços no….

… país teve alta de 3,7% na passagem de janeiro para fevereiro deste ano. Essa foi a nona taxa de crescimento consecutiva do indicador, que acumula ganhos de 24% no período. O setor também superou, pela primeira vez, o período pré-pandemia, ficando 0,9% acima do patamar de fevereiro de 2020. O dado foi divulgado ontem (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nos outros tipos de comparação, no entanto, os serviços apresentaram queda: em relação a fevereiro de 2020, sem ajuste sazonal (-2%), acumulado do ano (-3,5%) e acumulado de 12 meses (-8,6%).

As vendas de motocicletas…

… novas no país caíram 16,8% no primeiro trimestre de 2021 em comparação a igual período do ano passado. Foram vendidas 205.444 unidades nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021, ante 246.848 motocicletas licenciadas no mesmo período do ano passado. Os dados são da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). Em março, foram vendidas 62.262 motocicletas, alta de 8,5% na comparação com fevereiro, mas uma retração de 17,4% em relação ao mesmo mês de 2020, quando foram licenciadas 75.372 unidades.

A Pesquisa Nacional…
… por Amostras de Domicílios (Pnad Contínua), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que analisou o acesso à tecnologia da informação e comunicação (TIC) no quarto trimestre de 2019, aponta que o percentual de domicílios com TV por assinatura caiu de 31,8% em 2018 para 30,4% em 2019. Na área urbana, houve recuo de 34,3% para 32,4% na mesma comparação, mas na rural aumentou de 14,9% para 15,9%. O motivo para os 51,5% que não tinham esse tipo de TV, era o preço elevado. A falta de interesse é apontada por 41,6%.

A Organização Mundial…
… de Saúde (OMS), assim como outras agências internacionais, recomendaram a suspensão, com urgência, da venda de mamíferos vivos em mercados. Segundo a OMS, a medida é necessária, já que mais de 70% dos vírus e patógenos que provocam doenças infecciosas em humanos, provém de espécies selvagens. As orientações atentam para o fato de os animais serem abatidos e limpos em áreas abertas dos mercados, que podem ser contaminadas por fluidos corporais e outros rejeitos. Isso eleva o risco de transmissão de patógenos para as pessoas e também para outros animais no local.

Compartilhe: