segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Notícias

Notas Gerais

Bitcoin valorizado

O bitcoin [plataforma para negociar criptomoedas] superou a marca de 20 mil dólares ontem (16), atingindo o maior valor de sua história. A criptomoeda saltava 6,3% a 20.670 dólares, acumulando uma valorização neste ano de mais de 170%. A alta é impulsionada pela demanda de grandes investidores atraídos por seu potencial de ganhos rápidos, resistência à inflação e expectativas de que se tornará um método de pagamento convencional.

Mercosul
O presidente Jair Bolsonaro disse ontem(16) que o governo vê no Mercosul “um aliado na promoção da agenda de reformas estruturais” que estão sendo levadas adiante no Brasil. Segundo ele, as diferenças entre os países integrantes do bloco não devem resultar em impasses que coloquem em risco a agenda comum de seus integrantes. A declaração foi feita durante o discurso do presidente na 57ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul e Estados Associados.

Nota Fiscal Paulista
O sorteio de dezembro do programa da Nota Fiscal Paulista contemplou um morador de Pindamonhangaba, que concorreu com 13 bilhetes eletrônicos. Em comemoração ao mês de Natal, o prêmio principal é multiplicado por dois, então o consumidor levará para casa R$ 2 milhões. Nesta 145ª edição, foram sorteados também outros quatro prêmios no valor de R$ 500 mil, distribuídos a dois consumidores de São Bernardo do Campo, um de Cotia, um de São Paulo.

PIX
Desde que entrou em operação, em 15 de novembro, o Pix, novo sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, movimentou R$ 83,4 bilhões, num total de 92,5 milhões de transações, informou ontem (16) o Banco Central (BC).Segundo o BC, 84% das transferências de dinheiro foram feitas de pessoa física para pessoa física, na modalidade chamada P2P. Em relação ao volume financeiro, essa modalidade corresponde a 44% do total movimentado. O valor médio transferido foi R$ 496,00. Até o momento, foram registradas 46 milhões de pessoas que já utilizam o Pix.

Fundação Padre Gabriel comercializa
trabalhos no Shopping
Desde que entrou em operação, em 15 de novembro, o Pix, novo sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, movimentou R$ 83,4 bilhões, num total de 92,5 milhões de transações, informou ontem (16) o Banco Central (BC).Segundo o BC, 84% das transferências de dinheiro foram feitas de pessoa física para pessoa física, na modalidade chamada P2P. Em relação ao volume financeiro, essa modalidade corresponde a 44% do total movimentado. O valor médio transferido foi R$ 496,00. Até o momento, foram registradas 46 milhões de pessoas que já utilizam o Pix.

Compartilhe: