Ir para o conteúdo

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias

Notas Gerais 14/04/2024

A Sociedade Brasileira de…

… Cardiologia (SBC) divulgou novas diretrizes para tirar medidas de pressão. Com isso, as orientações para o diagnóstico de pressão alta foram alteradas. O documento que estabelece isso é “as Diretrizes Brasileiras de Medidas da Pressão Arterial Dentro e Fora do Consultório”. O documento foi elaborado por 67 profissionais. A orientação foi feita para médicos e profissionais da saúde – portanto, nada muda para os pacientes, apenas para quem realiza o atendimento. O documento mostra que o uso de técnicas ou equipamentos inadequados pode resultar em diagnósticos incorretos.

O ministro da Secretaria…

… de Comunicação Social, Paulo Pimenta, disse que o governo federal encontrará um “ponto de diálogo” para o conflito entre Arthur Lira (PP-AL) e Alexandre Padilha. “Acho que é um assunto que, no decorrer do dia de hoje vamos achar um ponto de equilíbrio, de diálogo e isso não vai prejudicar em nada o andamento do processo legislativo, do cronograma de votações”, afirmou. Segundo Pimenta, a gestão não permitirá que “uma declaração possa, de um forma ou outra, comprometer esse diálogo e a necessidade dessa boa relação [entre governo e Congresso]”.

 

Se antes a ideia de…

… sucesso profissional estava ligada a alcançar altos cargos nos negócios, hoje em dia essa realidade não é mais a mesma para parte significativa dos trabalhadores. Segundo estudo da agência de recrutamento Randstad, 39% das pessoas não aceitariam uma promoção profissional. A mudança de perspectiva do que é o trabalho e o custo-benefício das altas cadeiras nas empresas são alguns desmotivadores que pesam na balança ao se decidir por promoções, pontua o levantamento. A pesquisa, feita com 27 mil pessoas, também mostra que 34% dos entrevistados não querem nunca subir para outros cargos, ao entenderem que são posições desgastantes.

 

O Plano Nacional de Ferrovias…

… do governo federal deve somar mais de R$ 20 bilhões, com recursos que terão origem em repactuações contratuais de renovações antecipadas de concessões. A informação foi confirmada pelo ministro dos Transportes, Renan Filho, a jornalistas na sede da B3, em São Paulo, nesta quinta-feira (11). Este dinheiro seria utilizado como aporte do governo em parcerias público-privadas (PPPs). Assim, leilões seriam realizados em formato no qual a empresa que oferecer o maior desconto ao gasto público leva o ativo. A maior parte dos recursos deve vir de repactuação de contratos com a Vale.

 

O Restaurante Sabor Mineiro…

… tem a melhor comida caseira de Barretos e região, é considerado um dos mais tradicionais da cidade. A casa abre de segunda a sábado para almoço e também serve marmitex, que pode ser solicitado pelo telefone 3322.8403. Fica na Praça Francisco Barreto, número 218, bem de frente à Catedral do Divino Espírito Santo.

 

Deputados da chamada…

… “bancada da bala” no Congresso Nacional já articulam a derrubada do veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que tira da nova regra o impedimento de visitas às famílias. A informação foi confirmada pelo presidente da Comissão de Segurança Pública da Câmara, deputado Alberto Fraga (PL – DF).  Fraga é um dos articuladores de um novo pacote de medidas que pode avançar no Congresso para deixar penas mais duras e diminuir benefícios para os condenados por crimes violentos e pertencentes a organizações criminosas. Os principais argumentos do governo para restringir as novas regras são de que é preciso respeitar a dignidade humana dos presos.

 

O volume de serviços no…

… Brasil voltou a contrair em fevereiro, interrompendo três meses seguidos de ganhos e frustrando as expectativas. Em fevereiro, houve recuo no volume de serviços de 0,9% em relação ao mês anterior, de acordo com os dados divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE. O resultado vem após o setor acumular uma expansão de 1,5% nos três meses anteriores e ficou bem aquém da expectativa em pesquisa da Reuters de avanço de 0,2%. Assim, o volume de serviços está 11,6% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, e 1,9% abaixo do ponto mais alto da série histórica, de dezembro de 2022.

 

O Supremo Tribunal Federal…

… (STF) formou maioria nesta sexta-feira (12) para determinar que o foro privilegiado seja mantido mesmo depois de a autoridade deixar o cargo. Seis ministros votaram para mudar o entendimento atual e ampliar os critérios para que um político seja julgado no STF. O voto que formou a maioria foi do ministro Luís Roberto Barroso, presidente da Corte. Além de Barroso, votaram até agora os ministros Gilmar Mendes — que propôs a rediscussão do tema —, Cristiano Zanin, Flávio Dino, Dias Toffoli e Alexandre de Moraes. O ministro André Mendonça, no entanto, pediu uma nova vista do caso.

Compartilhe: