sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias

Notas Gerais

Operação Toca da Onça
A Polícia Federal deflagrou ontem (4), a Operação Toca da Onça para reprimir a pedofilia na internet e o estupro de vulneráveis, depois de ter sido informada pela Interpol sobre a realização de um fórum na deep web no qual foram publicadas cenas de estupro de duas crianças. Aparentemente as crianças estariam em um bairro da zona leste da capital paulista, e o suspeito é um homem brasileiro, de aproximadamente 40 anos de idade, casado, e sem filhos. Até o momento não há suspeita da participação da esposa do detido e nem da mãe das vítimas. As investigações apuram se as fotos eram vendidas ou trocadas na deep web.

Correios
A Polícia Federal deflagrou ontem (4), nova fase da Operação Postal Off, para desarticular uma organização criminosa que causou prejuízos de R$ 94 milhões aos Correios. De acordo com as investigações, o grupo enviava grandes cargas postais sem fazer o faturamento para a estatal, ou pagando um valor muito abaixo do que era devido. Há indícios de que sete funcionários dos Correios e um empresário titular de uma agência franqueada da estatal faziam parte da quadrilha. Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão, e em um desses locais, no Rio de Janeiro, os agentes apreenderam cerca de R$ 3,5 milhões, em espécie.

Terapia Avançadas
O Ministério da Saúde lançou chamada pública para seleção de pesquisas em terapias avançadas. A pasta vai disponibilizar R$ 47,2 milhões para financiar estudos no desenvolvimento de tecnologia nacional em terapia celular, terapia gênica e tecido artificial, áreas de interesse do Sistema Único de Saúde. As propostas devem ser apresentadas até o dia 17 de setembro, por meio da Plataforma Carlos Chagas, do CNPq, e o resultado final será divulgado até o dia 30 de novembro no site da fundação.

Dia dos Pais
O consumidor deve gastar menos este ano com o presente para o Dia dos Pais. Segundo uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop) com 5,2 mil consumidores de todo o país, o gasto com o presente da maioria dos entrevistados (32% do total) deverá ficar entre R$ 51 e R$ 100. No ano passado, o ticket médio pretendido para gasto com o presente do pai era de R$ 160. A maior parte dos pais desses consumidores deverão ganhar produtos na área de vestuário (44%), perfumes e cosméticos (12%), calçados (10%) e produtos eletrônicos (8%).

Compartilhe: