segunda-feira, 13 de julho de 2020

Notícias

Notas Gerais

A taxa de desemprego…
entre os jovens de 18 a 24 anos de idade brasileiros ficou em 27,1% no primeiro trimestre de 2020, bem acima da média geral de 12,2% do país no período. Este comportamento foi verificado nas cinco grandes regiões, com destaque para o Nordeste, onde a estimativa foi de 34,1% de desempregados nesta faixa etária. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad Contínua), divulgada ontem (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O desemprego entre os jovens cresceu em relação ao último trimestre de 2019, quando a taxa era de 23,8%. Segundo a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy, o crescimento é esperado devido às dispensas de trabalhadores temporários contratados para o período de final do ano. “A maior parte dos temporários dispensados no início do ano são jovens, o que faz com que a queda no nível de ocupação seja maior nesta faixa”, explica Adriana.

Os pré-candidatos às…
eleições municipais de 2020 já podem começar, a partir de ontem (15), a arrecadação de recursos para a sua pré-campanha por meio de financiamento coletivo pela internet.
De acordo com a Lei das Eleições nº 9.507/1997, interessados em disputar o pleito em 2020 somente podem contratar as empresas de financiamento coletivo que estejam cadastradas na Justiça Eleitoral. A lista de instituições credenciadas pode ser consultada no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A União pagou R$ 963,62 milhões…
em dívidas garantidas dos estados e municípios em abril. Na comparação com abril do ano passado, quando foram honrados R$ 401,02 milhões, o crescimento foi de 140,3%. Do total bancado pelo Tesouro em abril de 2020, os maiores valores foram R$ 226,35 milhões relativos a inadimplências do Estado do Rio de Janeiro, R$ 251,04 milhões de Minas Gerais, R$ 239,80 milhões da Bahia, R$ 89,25 milhões de Pernambuco e R$ 76,26 milhões de Goiás. Os dados estão no Relatório de Garantias Honradas pela União em operações de crédito, divulgado hoje (15), em Brasília, pelo Tesouro Nacional.
No acumulado do ano, a União honrou R$ 2,88 bilhões em dívidas garantidas dos estados e municípios, um crescimento de 25,9% quando comparado ao total do mesmo período em 2019 (R$ 2,29 bilhões).

O presidente Jair Bolsonaro…
vetou a inclusão de categorias profissionais para o recebimento do auxílio emergencial de R$ 600, o socorro financeiro pago pelo governo aos trabalhadores informais afetados pelas medidas de combate à pandemia de covid-19 no país. A lei com mudanças no auxílio emergencial foi sancionada com 11 vetos e publicada ontem (15) no Diário Oficial da União.
A medida aprovada pelo Congresso Nacional previa a inclusão de mais de 20 categorias na lista do benefício, entre eles extrativistas, assentados da reforma agrária, artesãos, profissionais da beleza (como cabeleireiros), ambulantes que comercializem alimentos, diaristas, garçons, guias de turismo, babás, motoristas de aplicativos, taxistas e catadores de recicláveis.

A juíza Kátia Balbino Ferreira….
da 3ª Vara Federal Cível do Distrito Federal, autorizou – nas primeiras horas da manhã de ontem (15) – a retomada gradual do comércio no Distrito Federal. Pela decisão, a reabertura deve ocorrer de forma escalonada, a cada 15 dias. O início do escalonamento ainda precisa ser planejado pelo Governo do Distrito Federal.
A magistrada listou a ordem que atividades devem ser liberadas. No primeiro bloco, estão atacadistas, representantes comerciais e varejistas, além de serviço de informação e comunicação, como agências de publicidade e consultorias empresariais. No mesmo rol há ainda as atividades administrativas e serviços complementares, como agências de viagem, fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros.

Os índices de confiança…
dos empresários e dos consumidores tiveram altas em suas prévias de maio deste ano, depois das fortes quedas ocorridas em abril. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o resultado mostra uma acomodação dos indicadores, que sofreram forte impacto no mês passado, com a pandemia do novo coronavírus (covid-19).
Em outras palavras, seria uma redução do pessimismo em relação ao mês anterior. O Índice de Confiança Empresarial teve alta de 7,7 pontos na prévia de maio, na comparação com o número consolidado de abril, chegando a 63,5 pontos em uma escala de zero a 200 pontos. A indústria é o único setor em que a confiança continuou caindo na prévia de maio (-1,2 ponto). Os serviços subiram 9 pontos em maio. O comércio subiu 4,7 pontos e a construção, 2 pontos.

Compartilhe: