quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Notícias

Nota de esclarecimento da Fundação Pio XII

É público e notório que o Hospital de Amor (Fundação Pio XII) é gestor não somente das unidades de tratamento, prevenção e pesquisa ao câncer, mas, também, da Santa Casa local, de cinco Unidades Básicas de Saúde de Barretos e do Hospital Nossa Senhora, este último, a pedido do Prefeito Municipal, no início do mês de março/2020 passou a ser exclusivo para os casos de COVID-19. Tudo isso visando atender e cuidar não somente da população local, como a todos aqueles que do tratamento necessitassem. Ocorre que, para enorme surpresa do Hospital de Amor, os recursos que teriam que ser repassados mês a mês (de março até junho) não o foram. Esse período de 90 dias ainda está em aberto, sem qualquer satisfação do Sr. Prefeito Municipal, sendo certo que o Hospital Nossa Senhora está amargando um débito aproximado de R$8.000.500,00*.
A partir dos dias 10 de junho, 20 de julho e 29 de setembro, vieram recursos do Governo Federal, com possibilidade de uso apenas daí em diante, exclusivamente para o COVID-19 e até hoje, portanto, o Sr. Prefeito Municipal não repassou os valores devidos, causando enormes prejuízos ao HA e à população.

Compartilhe: