Ir para o conteúdo

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Notícias

Mulher é presa traficando drogas no Barretos II em companhia de um menino de 11 anos

Policiais Militares da ROCAM, sargento Rivas e soldado Oliveira, apresentaram na delegacia a B.L.P.A.P., assim como a M.M.P., uma criança, drogas e dinheiro, sendo informado que os policiais efetuavam operação visando o combate ao tráfico de drogas no bairro Zequinha Amêndola, ocasião em que ingressaram na Rua Kehdi Nagib Farah, em um local conhecido como “Brejo do Barretos II”, momento em que avistaram a B.L.P.A.P., acompanhada pela outra mulher e pela criança, e quando eles perceberam a presença dos policiais, saíram do meio da rua, caminhando em direção a uma casa que estava com o portão aberto, contudo, foram alcançados e abordados na calçada.

De acordo com os policiais, a M.M.P., é pessoa bastante conhecida apelo envolvimento com o comércio de drogas, sendo apontada como a “gerente” de várias biqueiras naquele bairro.

Com a criança foi encontrada a quantia de R$10,00, e ao ser questionado ele revelou que estava traficando com a M.M.P., mas não havia pegado drogas com ela, pois tinha recebido um kit de pinos de um indivíduo que não conhece e que a droga estava na Rua Candido José de Paula, dentro de um buraco de muro onde se faz a visualização do relógio de energia. Sobre o dinheiro, ele confessou que era decorrente da venda de um único pino.

No endereço apontado os policiais encontraram 14 pinos com cocaína, sendo observado que do bolso da M.M.P., estava saindo um pino com cocaína, sendo ordenado que ela o retirasse, vindo a confirmar que se tratava de um pino com cocaína.

Também foi percebido um volume no bolso da bermuda da mulher, sendo ela orientada a tirar e mostrar, vindo a exibir a quantia de R$400,00 em notas diversas.

Em relação a B.L.P.A., foi apurado que ela seria a tia da criança e quando questionada se havia drogas em sua posse ela retirou 12 pinos com cocaína da região de seus seios, além do valor de R$60,00 que seria oriundo da venda de drogas.

Já na delegacia, em um local devidamente reservado, a cabo Andrea Ribeiro procedeu revista pessoal na M.M.P., e no bolso de sua calça foi encontrada a quantia de R$150,00, enquanto que em sua calcinha havia a quantia de R$140,00, sendo dada voz de prisão para a B.L.P.A., que foi levada para a cadeia feminina da cidade de Bebedouro, enquanto que a M.M.P., ficou na condição de investigada e a criança, um menino de 11 anos, foi entregue ao Conselho Tutelar.

Compartilhe: