quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Notícias

Mulher é presa com mais de 2 kilos de drogas

Uma mulher de 36 anos, identificada como P.S.B., moradora no bairro Vida Nova, foi presa pelo crime de tráfico de drogas, sendo ainda apreendidas drogas e diversos objetos relacionados à traficância.
De acordo com os militares, tenente Ricobello e cabo Reis, durante patrulhamento pelas ruas da cidade eles realizaram a abordagem de um veículo logo abaixo do pontilhão da Rodovia Brigadeiro Faria Lima com Avenida João Batista da Rocha, estando no interior do carro dois homens.
Ocorre que durante a abordagem passou um veículo Gol, G4, com duas pessoas do sexo feminino, que ao visualizarem a viatura, demonstraram nervosismo e saíram “cantando pneu”, tomando rumo à cidade de Colina, porém, deram a volta e retornaram, e novamente “cantando pneu”.
Os policiais decidiram por abordá-las e dentro do carro estava a indicada P.S.B., e a filha dela, uma adolescente de 14 anos, e por não haver nenhuma policial feminina, não foram feitas revistas pessoais, mas em buscas na bolsa da indiciada os policiais encontraram um tijolo de crack, além da quantia de R$100,00, junto ao documento do carro.
Indagada, a mulher disse que entregaria a droga para um homem, não identificado e quando questionada se havia mais entorpecentes em sua residência, a mulher disse que sim.
Na casa dela, dentro de um baú, foi localizado mais um tijolo de crack, um tijolo prensado de cocaína e vários apetrechos para refino e embalagem, além de um caderno de contabilidade.
De acordo com os militares, a mulher não era conhecida dos meios policiais, porém, havia a informação de que ela era amasiada com indivíduo que se encontra preso pelo crime de tráfico de drogas.
Na delegacia, a mulher teve sua prisão ratificada, sendo levada para a cadeia feminina da cidade de Viradouro, onde permaneceu presa.
O veículo por ela utilizado foi apreendido administrativamente, tendo em vista que a indiciada não é habilitada.
No total foram apreendidos 1,626kg de crack, 510 gramas de cocaína, 1.023 kg de anestésico utilizado na mistura da cocaína, uma balança digital, dois celulares e contabilidade sobre o tráfico.

Compartilhe: