Ir para o conteúdo

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Notícias

Mulher diz ter sido agredida com socos pelo amásio

Os Militares da cidade de Guaíra, Matias e Mendes, apresentaram na delegacia de Barretos o pedreiro L.L.B.N., 26 anos e a esposa dele, senhora R.C.P.S., 28 anos, sendo informado que a mulher acionou a Policia Militar até a residência do casal e relatou que na noite anterior, por volta das 23h40, ela foi até a residência do patrão de seu amásio L.L.B.N., com a intenção de pedir para que ele fosse para casa. Ocorre que a vítima encontrou seu amásio nas imediações da referida casa e conversou com ele, porém, nervoso, o homem lhe desferiu socos nas costas e na cabeça, momento em que a vítima retornou para sua casa enquanto o autor permaneceu na casa de seu patrão. Por volta das 4 horas da madrugada o autor chegou em casa alterado e passou a bater na porta, exigindo que a vítima abrisse, passando a ameaçá-la, dizendo que “se ela não abrisse a porta ela iria apanhar”. Temerosa, a mulher abriu a porta e o homem adentrou ao imóvel e foi dormir, tendo a mulher permanecido acordada até as 7 horas, quando ela foi até a casa de sua tia e pediu que a Policia Militar fosse acionada. Após ouvirem o relato da mulher, os policiais a levaram até o Pronto Socorro de Guaíra, sendo atendida por uma médica que forneceu Laudo médico constando “hematoma subgaleal em hemicranio esquerdo”. Já na delegacia a vítima foi submetida a novo exame médico o qual não constatou lesão corporal na vítima, que foi orientada quanto a prazo e trâmite para representar contra o autor.

Compartilhe: