domingo, 17 de janeiro de 2021

Notícias

MPSP deflagra Operação Holerites Premiados na cidade de Barretos

Foram cumpridos 73 mandados e busca e apreensão

Nesta segunda-feira (14/12), o Ministério Público de São Paulo, por meio do Setor de Competência Originária Criminal da Procuradoria-Geral de Justiça, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Promotoria de Justiça de Barretos, com apoio da Polícia Militar(CPI´S 03 e 05, 9º e 11º BAEP’s) e da Polícia Civil (Seccional de Barretos), deflagrou a Operação Holerites Premiados.

As investigações no Setor de Competência Originária Criminal e em procedimento investigatório criminal e inquéritos policiais perante a 1ª Vara Criminal de Barretos, demonstraram a existência de organização criminosa que atuava no interior da Prefeitura Municipal de Barretos, composta por dezenas de servidores municipais, inclusive dos mais elevados níveis hierárquicos.

A organização criminosa se valia de sofisticada atuação para fraudar holerites de servidores previamente aliciados, proporcionando o desvio e recebimento de valores que alcançaram milhões de reais em detrimento dos cofres públicos municipais.

Com a participação de 21  promotores de Justiça, 13  servidores do MPSP, 63 viaturas, 205  policiais militares e 21 policiais civis, deu-se o cumprimento de 73  mandados de busca e apreensão, além do afastamento cautelar do atual Prefeito Municipal e de outro servidor investigado, conforme decisões proferidas pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo e da 1ª Vara Criminal da Comarca de Barretos.

Além do cumprimento dos mandados, houve determinação de sequestro de bens e de indisponibilidade patrimonial de 42 pessoas beneficiadas pelos holerites premiados, buscando, assim, recuperar os valores desviados do erário. As investigações prosseguem com análise do material apreendido pra eventuais desdobramentos.

 

Fonte: Ministério Público do Estado de São Paulo.

Compartilhe: