Ir para o conteúdo

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Notícias

Motorista é preso com arma de fogo depois de tentar fugir e atirar contra viatura policial

O motorista M.R.S., 32 anos, morador na cidade de Guaíra, foi preso naquela cidade pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e resistência, sendo relatado pelos Policiais Militares, Moleiro e Benfica, que eles realizavam patrulhamento pelas ruas da cidade, mais precisamente visando coibir o tráfico de entorpecentes na Vila Aparecida, quando na Avenida 31 cruzamento com a Rua 42, eles visualizaram uma caminhonete Ford Ranger, preta.

O veículo estava parado e foi possível visualizar que no banco do
passageiro estava o investigado M.H.C.L., 23 aos, que já é conhecido nos meios policiais pelo envolvimento com roubo e tráfico de drogas, estando na condição de motorista um indivíduo que naquele momento não foi possível identificar.

Quando os dois homens perceberam a presença da viatura, o motorista se evadiu com o veículo pelas ruas da cidade em alta velocidade, cometendo diversas infrações de trânsito, inclusive, andando pela contramão de direção, sendo acompanhado pelos policiais por cerca de 10 minutos no perímetro urbano da cidade, até que ele saiu para a Rodovia Assis Chateaubriand, momento em que bateu em algo que rasgou o pneu da caminhonete, e em razão disso o veículo foi perdendo velocidade, contudo, antes da caminhonete parar totalmente, foram efetuados disparos de arma de fogo, sendo possível os policiais visualizarem o clarão dos disparos em direção da viatura, porém nenhum dos disparos acertou o veículo oficial.

Quando o veículo parou, o passageiro M.H.C.L., adentrou a mata situada às margens da rodovia, efetuou mais dois disparos de arma de fogo e se embrenhou naquele matagal, não sendo localizado mesmo após diligencias.

O motorista do carro, identificado como M.R.S., foi abordado e quando estava sendo algemado, apresentou resistência, sendo necessário o uso de força física para contê-lo.

No assoalho da caminhonete foi encontrado um revólver calibre 38, marca
Taurus, com numeração suprimida, municiado com três projéteis intactos e três deflagrados, sendo ainda localizado um celular, que foi apreendido, assim como a caminhonete.

Foi dada voz de prisão ao indiciado e na delegacia a prisão foi ratificada, sendo ele levado para a cadeia da cidade de Colina, onde permaneceu preso.

Compartilhe: