Ir para o conteúdo

domingo, 21 de julho de 2024

Notícias

Motorista é acusado de furtar e vender carnes de frigorifico

Um empresário de 40 anos foi até a delegacia e em seu relato ele afirmou ser representante de uma empresa de transportes e que ele foi notificado por um frigorifico de Barretos, local onde presta serviços de transporte de carne bovina, de que várias Notas Fiscais não teriam voltado a unidade conforme procedimento da empresa nos casos de devolução de carne. Diante dos fatos, o empresário entrou em contato, via WhatsApp, com o seu colaborador, um motorista de 31 anos, solicitando os comprovantes das devoluções referente as notas fiscais solicitadas pelo frigorífico.

Após o empresário conversar muito com seu colaborador, o mesmo acabou confessando que estava vendendo as carnes que eram devolvidas pelos clientes e que teriam que ser entregues de volta ao frigorífico, e após essa confissão, o motorista disse ao empresário que ele poderia ficar tranquilo, pois ele iria falsificar um carimbo do frigorifico e iria resolver o problema.

O empresário então foi conversando com o motorista, tentando acalmá-lo para que retornasse a Barretos e não tomasse nenhuma atitude precipitada e quando o motorista chegou na cidade o empresário foi ao encontro dele e informou que o mesmo seria demitido e que iriam ser tomadas as providências cabíveis.

No total foram furtados cerca de 600 quilos de carne, tendo o empresário se comprometido a, posteriormente, apresentar cópias das notas fiscais e áudios e mensagens das conversas via Whatsapp.

Compartilhe: