Ir para o conteúdo

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Notícias

Motorista de ambulância é detido embriagado e com pinos de cocaína em posto as margens da rodovia

Um homem de 36 anos, motorista de ambulância na cidade de Planura, Minas Gerais, foi apresentado na delegacia pelos Policiais Militares Rodoviários, cabos Gazeta e Wagner, em razão de ele ter sido flagrado com drogas e pela prática de ameaça.
Segundo consta, os Policiais Rodoviários se encontravam na Base da Policia Rodoviária quando foram acionados a comparecerem há um posto de combustíveis nas proximidades da Rodovia Brigadeiro Faria Lima, em razão de haver naquele local um motorista de ambulância completamente embriagado e os caminhoneiros presentes no posto estavam tentando impedi-lo de ir embora com a ambulância devido ao seu estado de embriaguez.
Quando lá chegaram, os policiais identificaram o autor, que se encontrava ao lado da ambulância, que inclusive estava com os sinais luminosos acionados, havendo ao lado dele uma passageira, que foi devidamente identificada.
Foi solicitada a documentação do motorista e do veículo, sendo constatado que o motorista estava muito exaltado, e então ele foi convidado a se submeter-se ao teste de etilômetro para que pudesse seguir viagem, porém, recusou.
Logo em seguida chegou à vítima F.N.S.S., 23 anos, caixa, informando que pouco antes da chegada dos policiais o motorista estava no restaurante do posto e tirou a camiseta, sendo solicitado para ele se retirar do local e então ele afirmou que estava com uma arma na ambulância e que ninguém o retirava do restaurante e que se a vítima continuasse insistindo, ele iria por fim em sua vida.
Diante disso foi feita busca pessoal e veicular, e no bolso da calça do motorista foram encontrados quatro pinos contendo cocaína, e ao ser indagado sobre os fatos, o indiciado alegou que saiu da cidade de Planura por volta das 5h40, chegando a Barretos as 7h30, onde deixou um paciente no Hospital de Amor e na companhia de uma passageira ele permaneceu no centro da cidade, porém, posteriormente foi até um bar e consumiu diversas bebidas alcoólicas.
Logo depois foi até uma praça, em frente ao Hospital de Amor e comprou sete pinos com cocaína pelo valor de R$100,00, tendo consumindo três deles.
O motorista foi apresentado na delegacia e confessou o consumo de álcool e cocaína, negando que tivesse feito ameaças no posto ou que possuía alguma arma, além de afirmar que nunca fez uso de entorpecente em serviço, e que isso somente ocorreu desta vez devido a um problema conjugal, o que fez o autor perder o rumo de sua vida, vindo a agir desta forma, embora tenha ciência que tal atitude não se justifica.
A ambulância liberada ao Diretor de transporte da cidade de Planura, enquanto os pinos com cocaína foram apreendidos e o caso encaminhado ao setor competente.

Compartilhe: