domingo, 09 de agosto de 2020

Notícias

Moradora do Parque Barra da Tijuca lançou um projeto voluntário

Nestes tempos de pandemia, de isolamento social, pessoas sensibilizadas com as mais diferentes situações encontram um meio para tentar amenizar a dor do outro, e mais, tentam levar algo de proveito à sociedade em que reside. A administradora do Aeroporto de Barretos, Luciana Lopes, vendo a quantidade de crianças e pré-jovens ociosas no condomínio Parque Barra da Tijuca em que vive, decidiu implantar o Programa de Empoderamento de Pré Jovens e de Aulas Bahá’ís para Crianças, ambos desenvolvidos pela comunidade Bahá’í, porém disponibilizado a toda sociedade, independente de cultura, credo, classe social, ou qualquer outra diferença que venha a existir e é aplicado em todo globo terrestre.
Segundo Luciana, o projeto vem sendo realizado no momento de forma online, por plataformas de reuniões digitais visa o melhoramento da sociedade de maneira divertida e interativa. “O Programa de Empoderamento de Pré-Jovens busca auxiliar a juventude a desenvolver suas qualidades espirituais, virtudes, capacidades intelectuais e sua capacidade para o serviço à sociedade, no momento em que saem da infância para ingressar na adolescência e vem sendo desenvolvido para o público entre 12 e 15 anos de idade”, explicou Luciana.
Já as Aulas Bahá’ís para Crianças (ABC), oferecem aos pequenos participantes, de 5 a 11 anos, a educação moral e espiritual, amizades, jogos, histórias e atividades artísticas. Os interessados em participar dos programas realizados no condomínio, ou até em se capacitar para ser um voluntário dos programas, podem entrar em contato pelo WhatsApp (17) 98807-6505 em horário comercial.

Compartilhe: