Ir para o conteúdo

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Notícias

Mercado financeiro revisa para cima projeção da inflação para 2024, indica boletim Focus do Banco Central

O mercado financeiro elevou pela quarta vez consecutiva a previsão da inflação para este ano, segundo dados divulgados pelo Banco Central no boletim Focus, nesta segunda-feira (3). De acordo com o relatório, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deverá encerrar 2024 em 3,88%, um aumento em relação à previsão anterior de 3,86% na semana passada e de 3,72% há quatro semanas.

Essa projeção está alinhada ao intervalo de meta de inflação estabelecido pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que define uma meta de 3%, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, resultando em um intervalo entre 1,5% e 4,5%.

Os economistas e analistas consultados pelo BC também revisaram suas estimativas para os anos seguintes. Para 2025, a projeção da inflação passou de 3,75% para 3,77%, enquanto para 2026 esperam uma inflação de 3,6% e, para 2027, projetam uma taxa de 3,5%.

Além disso, o boletim Focus registra uma elevação na previsão da taxa básica de juros, a Selic, para este ano. De acordo com os dados, a taxa deve fechar 2024 em 10,25%, em comparação com a taxa atual de 10,5%. Na semana anterior, os analistas previam uma Selic de 10%, enquanto há quatro semanas a projeção era de 9,63%.

Em relação ao crescimento econômico, a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) permaneceu estável em 2,05% para 2024, conforme estimado pelos especialistas ouvidos pelo BC. Para os próximos anos (2025, 2026 e 2027), a projeção é de um crescimento de 2%.

Compartilhe: