domingo, 12 de julho de 2020

Notícias

Menor é detido traficando maconha nos fundos de uma escola

Policiais Militares da cidade de Cajobi, cabos Passarela e Da Silva, apresentaram na delegacia de Barretos o menor C.H.O.V., 16 anos, morador naquela cidade, sendo ainda apreendidos dinheiro e maconha.
Segundo consta, os policiais foram informados, através de denúncia anônima, que o adolescente infrator estaria realizando o tráfico de drogas no fundo da escola Santo Geraldo, centro de Cajobi, ocasião em que eles para lá se dirigiram e ao chegarem eles visualizaram o adolescente sentado na arquibancada da quadra da escola, local de baixa iluminação.
O menor foi abordado e identificado e em revista junto a ele, nada de ilícito foi encontrado, porém próximo a seu pé, foram localizadas duas porções de maconha, sendo uma grande e outra pequena, estando ambas embaladas em plástico, prontas para o comércio, bem como dentro da capinha do celular do adolescente foi localizada a quantia em dinheiro de R$45.00.
Questionado sobre a procedência das drogas e também do dinheiro, o adolescente confessou a prática do tráfico, afirmando ainda que estava, inicialmente com 25 gramas de maconha, ocasião em que fracionou a substância em uma porção grande e quatro pequenas, e até aquele momento havia vendido quatro porções pelo valor de R$10.00 cada.
Em seguida os policiais foram até a residência dele para informar sua mãe sobre os fatos, tendo ela autorizado a entrada dos Militares no imóvel, e após vistoria foi localizada a quantia de R$60.00 em dinheiro, tendo a mãe do adolescente confirmado que aquele dinheiro era de procedência ilícita, já que seu filho não trabalha e ela não lhe deu nenhum dinheiro nos últimos dias.
Desta forma foi dada voz de apreensão ao menor e ele foi apresentado na delegacia de Barretos, onde na presença de sua mãe ele confirmou que estava na arquibancada da escola fumando maconha, mas já havia vendido algumas porções que resultaram no dinheiro apreendido.
Após tomar conhecimento dos fatos, foi determinado pelo delegado, Dr. Marcelo Pupo de Paula, que a maconha e dinheiro fossem apreendidos e o menor recolhido em uma cela da cadeia da cidade de Colina, devendo depois ser apresentado a um representante do Ministério Público.

Compartilhe: